A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

25/12/2010 08:56

Por falta de médico legista, ex-prefeito é quem atestou morte de músico

Ana Maria Assis

A falta de médico legista no IML (Instituto Médico Legal) de Nova Andradina - responsável por toda a região do Vale do Ivinhema - tem causado vários transtornos as famílias que perderam seus parentes.

De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a região do Vale do Ivinhema possui uma população estimada em 124.837 habitantes.

Para evitar a transferência dos corpos, o delegado Rinaldo Moreira, da Delegacia de Polícia de Nova Andradina, tem nomeado médicos para realizar os exames em vítimas de acidentes, por exemplo.

Ontem, em Batayporã, logo após o compositor Haroldo Lobo ser encontrado morto em sua residência, o delegado Luiz Quirino Gago teve que recorrer ao médico e ex-prefeito do município, Jercé Euzébio de Souza, para atestar a morte do músico.

Lobo foi o compositor dos hinos de Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Jateí, Jutí e Batayporã, cidade onde residia.

Segundo informações extra-oficiais, é aguardado um concurso público para a contratação de um novo médico legista, já que o único que havia no município foi aposentado.

(Com informações do Nova News)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions