A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

28/01/2011 20:52

Prédio da PM em Aral Moreira enfrenta condições de calamidade

João Humberto
De rachaduras a pinturas desgastadas, prédio da Polícia Militar é sinônimo de decadência. (Foto: Joelso Gonçalves).De rachaduras a pinturas desgastadas, prédio da Polícia Militar é sinônimo de decadência. (Foto: Joelso Gonçalves).

O prédio que abriga o destacamento da PM (Polícia Militar) em Aral Moreira (cidade distante 364 km de Campo Grande) se encontra em situação de calamidade. Rachadura nas paredes, armários enferrujados, falta de lâmpadas, fiações expostas, pinturas descascadas e goteiras fazem parte do cenário de decadência.

Conforme o portal Aral Moreira News, o maior transtorno acontece em dias de chuva, quando o local fica parcialmente alagado em consequência das goteiras. Situação mais caótica pode ser conferida no período noturno, pois grande parte da iluminação do prédio está sem manutenção, o que coloca ainda mais em risco a vida dos policiais de plantão.

A responsabilidade de manutenção do prédio, que pertence ao governo federal, mais foi cedido para abrigar a sede da PM, é de responsabilidade do governo. Mas, de acordo com os policiais, há dez anos não ocorre nenhum tipo de manutenção.

Independente das condições precárias do prédio, os policiais militares continuam desempenhando suas funções. Prova disso é que nos últimos três anos houve queda significativa da criminalidade na cidade.

Trabalhador morre ao sofrer descarga elétrica durante conserto de bomba d'água
José Antônio Farias, 51, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto arrumava uma bomba d'água às margens de uma lagoa, no distrito de Lagoa Bo...
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto
Wellington Ronaldo de Souza, 34, foi morto a tiros ao ser abordado por dois homens que estavam em uma moto. O homicídio aconteceu às 20h30 de domingo...



A CIA DE GUARDA E ESCOLTA DA CAPITAL TAMBÉM ESTÁ EM SITUAÇÃO IDÊNTICA, EM TOTAL ABANDONO.
 
joão carlos de souza em 29/01/2011 07:15:31
Eu trabalho para o estado, na aréa da saúde, e sinceramente, quase todos os prédios do estado se encontram em situações críticas.
 
André Costa de Morais em 28/01/2011 10:38:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions