A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

29/10/2015 09:22

Prefeito de Bela Vista é encontrado morto no dia de depor em CPI

Polícia foi acionada às 8h17 e delegado titular do 1º DP de Jardim se dirigiu ao local onde está o corpo do prefeito

Helio de Freitas, de Dourados
Renato de Souza Rosa (PSB) estava afastado do cargo desde agosto deste ano e seria ouvido hoje na CPI da Câmara (Foto: Arquivo)Renato de Souza Rosa (PSB) estava afastado do cargo desde agosto deste ano e seria ouvido hoje na CPI da Câmara (Foto: Arquivo)

Renato de Souza Rosa (PSB), prefeito afastado de Bela Vista, cidade a 322 quilômetros de Campo Grande, foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira no município de Jardim. Ainda não se sabe a causa da morte, mas as primeiras informações que chegaram à Polícia Civil revelam que ele teria sofrido um infarto fulminante. Entretanto, em grupos de WhatsApp de órgãos policiais de Mato Grosso do Sul chegou a circular informação de que Renato teria sido morto com um tiro.

Veja Mais
Polícia Militar apreende quase meia tonelada de maconha em Bela Vista
Trabalhador rural sofre hemorragia ao ser atacado por vaca em curral

Um policial do 1º distrito de Jardim disse ao Campo Grande News que a morte do prefeito ocorreu em um residencial na área central da cidade. Até às 9h15, o delegado titular, Alex Sandro Antonio, permanecia no local com a equipe da perícia.

O Campo Grande News apurou que Renato de Souza Rosa estava retornando da Capital para Bela Vista, onde prestaria depoimento nesta quinta-feira na CPI aberta em setembro na Câmara de Vereadores contra sua administração.

Renato Rosa tinha sido afastado do cargo pela Justiça no dia 17 de agosto deste ano, a pedido do MPE (Ministério Público Estadual), que investiga gastos da prefeitura e suposto desvio de R$ 52.400 do recolhimento do ITBI (Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis). O cargo é ocupado pelo vice-prefeito, Douglas Gomes.

De acordo com a Câmara de Vereadores da cidade, que fica na fronteira do Brasil com o Paraguai, na região sudoeste do Estado, a abertura da CPI, aprovada por 8 votos a 3, foi embasada na documentação enviada pelo Ministério Publico Estadual, já que o prefeito, afastado por 180 dias, respondia por improbidade administrativa.

Renato de Souza Rosa disse ao Campo Grande News no dia 9 de setembro que as denúncias são inverdades e afirmou ter conhecimento da compensação com uma empresa da cidade envolvendo o ITBI, motivo do afastamento. “A prefeitura devia para eles, e bem mais que esse valor do ITBI”, disse ele, na época.

Polícia Militar apreende quase meia tonelada de maconha em Bela Vista
A PM (Polícia Militar) de Bela Vista – a 322 km de Campo Grande – apreendeu 454 quilos de maconha na madrugada deste domingo (11). Conforme Boletim d...
Trabalhador rural sofre hemorragia ao ser atacado por vaca em curral
Um trabalhador rural de 41 anos ficou gravemente ferido após ser atacado por uma vaca na tarde deste sábado (10), numa propriedade a beira do Rio Par...
Marido agride esposa e se esconde da polícia na casa do pai
Após agredir a esposa, Gilmar Sousa, de 37 anos, se escondeu na casa do pai no assentamento Itamarati, em Ponta Porã – a 323 km de Campo Grande. Conf...
Homem é encontrado morto com marcas de tiro em calçada de casa
Um homem não identificado foi encontrado morto na madrugada deste domingo (11) em Dourados – a 233 km de Campo Grande. Conforme o Boletim de Ocorrênc...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions