A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

09/07/2014 14:55

Prefeitura de Corumbá pesquisa potencial de bairros para ajudar empresários

Luciana Brazil
Estudo mostra que bairro mais populoso é o Cristo Redentor. Estudo mostra que bairro mais populoso é o Cristo Redentor.

Com o objetivo de dar um norte aos empresários que querem investir na cidade, a Prefeitura de Corumbá divulgou um estudo sobre a distribuição da população nos bairros da cidade, que tem quase 100 mil habitantes. A pesquisa, realizada pela Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, mostra que a maior parte da população corumbaense está concentrada na região central. Lá, vivem mais de 18 mil habitantes, de acordo com o último dado do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A pesquisa revela o potencial econômico de cada bairro, já que mostra informações específicas sobre as localidades.

Veja Mais
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
PRF apreende carreta com 250 kg de agrotóxicos contrabandeados do Uruguai

O Bairro Cristo Redentor é o mais populoso, com 10,1 mil pessoas. O Nova Corumbá, segundo a avaliação, tem 7,9 mil, a Popular Velha tem 6,9 mil moradores e no Bairro Aeroporto vivem 5,5 mil habitantes.

Jardim dos Estados (4,7 mil), Centro América (4,4 mil), Dom Bosco (4,2 mil), Universitário (4,1 mil) e Maria Leite (4 mil) completam os 10 bairros mais populosos, a maioria localizada na parte alta da cidade. Esses lugares representam 68,12% de toda a população corumbaense.

O estudo mostra ainda que grande parte dos moradores do centro é adulta, e o bairro com maior número de crianças, proporcionalmente, é o Cristo Redentor. Em segundo lugar se destacou a Cervejaria, com 23,5% de crianças.

Os idosos dominam o bairro Arthur Marinho, com 35% de participação. No Nossa Senhora de Fátima, a população da melhor idade representam 32,5% dos moradores do bairro. Em números absolutos, centro, Cristo Redentor e Nova Corumbá são os que mais idosos.

Para o secretário de Indústria e Comércio de Corumbá, Pedro Paulo Marinho de Barros, a definição do público-alvo é o ponto inicial para o planejamento de um novo negócio, “seja ele pequeno, médio ou grande empreendimento comercial”.

O secretário ainda afirmou que é preciso identificar mais profundamente as características da população de onde se pretende investir.

“Para identificar a quem você quer vender o seu produto ou serviço, não basta descrever as características de sua clientela, é preciso também identificar em que fase está”, diz ele.
Porque, segundo ele, clientes da mesma idade e classe social podem estar em estágios de vida diferentes.

“Ou seja, um cliente com 30 anos pode ser casado e com filhos e outro com a mesma idade pode estar em busca de uma namorada. As decisões de compras serão diferentes em cada situação, mesmo participando do mesmo grupo etário e classe social”, explicou.

De acordo com o economista Raul Assef Castelão, a tendência populacional é outro ponto importante a ser avaliado. Para ele, não basta analisar a situação atual, mas verificar os índices de crescimento e as expectativas gerais.

“Os investimentos precisam considerar estes aspectos. O ideal é sempre pesquisar e perguntar para os potencias clientes para descobrir suas necessidades e desejos e quanto está disposto a investir em seu produto e serviço, com isso a possibilidade de errar será muito menor”.

O economista reforça que a pesquisa produzida pela prefeitura fornece informações sobre o perfil dos potenciais clientes em cada bairro. “Além do uso para definição do público-alvo, estes dados podem ser usados para o que o mercado conhece como marketing direcionado. Por exemplo, se uma empresa com produtos para a terceira idade, que, diga-se de passagem, é um nicho promissor da nossa economia, e que tem 30% da população urbana em Corumbá, poderá direcionar campanhas promocionais para os bairros Centro, Cristo Redentor e Nova Corumbá, regiões com maior densidade deste público”, disse.

Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions