A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

31/10/2011 15:56

Prefeitura de Dourados começa no dia 7 campanha de vacinação contra raiva

Da Redação

Meta é vacinar 33 mil cães e gatos; campanha começa pela reserva indígena

A campanha de vacinação antirrábica começa no dia 7 de novembro em Dourados. Os trabalhos de vacinação feitos pela prefeitura através da Secretaria Municipal de Saúde vão começar pela zona rural, onde serão instalados 38 postos, distribuídos entre unidades de saúde, igrejas, escolas e assentamentos.

Para cada local o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) montou um calendário, que vai começar pelas aldeias indígenas. No dia 7 a vacinação será na Aldeia Jaguapiru, no pátio da Missão Caiuá. Nesse dia também vai funcionar um posto itinerante para vacinar cães e gatos no interior da aldeia. A vacinação na zona rural segue até dia 16 de dezembro.

DIA D - Na zona urbana o dia D da vacinação será no dia 26 de novembro. Nesse dia vão trabalhar 400 voluntários, distribuídos nos 60 postos dentro do perímetro urbano, preparados para imunizar os animais domésticos contra a raiva.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde Eduardo Arteiro Marcondes, a meta é imunizar 33 mil animais em Dourados.

A prefeitura recebeu 40 mil doses do Ministério da Saúde. Neste ano, segundo Marcondes, houve atraso no recebimento das vacinas porque o governo federal teve de importar o produto. Por causa disso, vários municípios estão com o calendário da vacinação antirrábica em atrasado.

“O importante é que as pessoas não deixem de vacinar seus animais. Neste ano já houve um caso de raiva canina no Estado. A melhor forma de prevenção é a população levar seus animais de estimação para receber a vacina porque a raiva é uma doença séria e perigosa”, alertou Marcondes.

Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...
Falso médico é acusado de matar paciente em hospital do interior
O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou à Justiça e pediu a prisão do falso médico Marx Honorato Ortiz. Ele teria atuado no Hospital Municipal ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions