A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

13/10/2011 18:35

Prefeitura de Dourados define ações para combater a dengue no verão

Edmir Conceição*

A Prefeitura de Dourados, através da Secretaria Municipal de Saúde, prepara as ações de combate à dengue através do projeto “Horário de verão sem dengue”. As atividades acontecem no período de outubro deste ano a fevereiro de 2012 e devem conscientizar e envolver a população sobre a necessidade de atuar constantemente no controle e prevenção da doença.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

Além de eliminar possíveis criadouros ou focos do mosquito transmissor e melhorar as condições higiênico-sanitárias das residências, a campanha vai complementar as atividades de rotina da Secretaria de Saúde, com trabalho integrado entre os órgãos de Vigilância em Saúde. “Hoje é possível notificar um caso da doença e, no mesmo dia, o CCZ [Centro de Controle de Zoonoses] receber essa notificação e quase que imediatamente desencadear ações de bloqueio”, afirma o diretor de Vigilância em Saúde Eduardo Arteiro Marcondes.

Ele completa que a preocupação é alertar para evitar a entrada do tipo 4 da doença. As ações coordenadas pelo plano municipal de prevenção à dengue possibilitaram que o Departamento de Vigilância trabalhe de forma preventiva.

As ações previstas incluem identificação dos locais de maior infestação vetorial e direcionamento das ações para o início do ciclo, integrando atuação do Lira (Levantamento de Índice Rápido de Aedes) com visitas domiciliares, atividades de bloqueio, fiscalizações da Lei da Dengue, mutirões, fiscalizações zoosanitárias, educação em saúde e visitas a imobiliárias.

Vão atuar no combate à dengue, além da Secretaria de Saúde com o Departamento de Vigilância em Saúde e o CCZ, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, o Comitê municipal de Combate à Dengue e instituições voluntárias. O trabalho vai contar com o apoio de diversos setores da sociedade, como Rotary Club, Maçonaria, universidades, usinas, Exército, entre outros.

Serão disponibilizados oito motos, cinco carros pequenos, duas Kombi do CCZ, um caminhão, 84 agentes de controle de vetores, oito supervisores de área e três supervisores gerais.

PROGRAMAÇÃO

A programação segue nesta sexta-feira (14), com mutirão no Conjunto Estrela Verá. No dia 15 será na Picadinha, Serrito e Altos da Lagoa.

Através da parceria entre a Secretaria de Saúde e o Exército, será realizado nos dias 17 e 18, no 28° Batalhão Logístico, um seminário voltado para a saúde do homem.

No dias 20 e 21 os setores da saúde participam do Fórum Regional de Vigilância em Saúde. Também no dia 21 acontece o mutirão na Vila Industrial. A ação de combate à dengue no Parque das Nações II vai ser promovida no sábado, dia 22. No dia 24 será inaugurado o Comitê Municipal de Combate à Dengue.

Dias 25 e 26 a prefeitura desenvolve atividades educativas na Escola Municipal Januário Pereira de Araújo, onde serão feitas exposição de maquetes, apresentações educativas, filmes, palestras de prevenção à dengue e demais zoonoses.

Uma ação compartilhada da Vigilância em Saúde será organizada no Parque do Lago, dia 27.

O dia “D” de vacinação anti-rábica, realizado nacionalmente, acontece dia 29, nas unidades de saúde e com apoio do CCZ e núcleos de vigilância.

No dia 3 de novembro a ação compartilhada atende moradores do Jardim Carisma, dia 4 no Jardim Ouro Verde, dia 5 na Chácara dos Caiuás e 11 no Jardim Santo André.

Atividades educativas serão organizadas na Escola Municipal Professora Clori Benedetti de Freitas, com exposição maquetes, filmes e palestras de prevenção à dengue e demais zoonoses, nos dias 8 e 9.

O dia “D” da campanha de combate à dengue será em 12 de novembro, com atividades de orientação e mobilização social para a prevenção, com participação do Comitê Municipal de Combate à Dengue, Exército, segmentos da sociedade civil.

Outras ações já estão programadas para novembro a fevereiro, além das atividades de rotina.

(*) Com informações da Assecom

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions