A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

13/09/2011 09:38

Prefeitura de Dourados retoma construção de frigorífico de peixe

Edmir Conceição

Município vai investir R$ 1,018 milhão do Ministério da Pesca e Aquicultura na conclusão da obra

Recursos do Ministério da Pesca garantem retomada de obra do frigorífico de pescado em Dourados. (foto: Assecom)Recursos do Ministério da Pesca garantem retomada de obra do frigorífico de pescado em Dourados. (foto: Assecom)

A Prefeitura de Dourados está retomando a construção do frigorífico de peixe, que há vários meses estão paralisadas. A retomada da obra será feita pelo prefeito Murilo Zauith em ato marcado para 15h desta terça-feira (13). O entreposto está localizado na BR-163, saída para Campo Grande, próximo ao trevo de acesso a Fátima do Sul. Serão investidos R$ 1,018 milhão de recursos provenientes do Ministério da Pesca e Aquicultura.

De acordo com a prefeitura, os pilares de pré-moldado já foram entregues e começam a ser instalados nesta terça. O prédio do setor administrativo já está sendo coberto e agora começa ser levantada a estrutura do barracão do abatedouro. No total serão 1.625,57 metros quadrados de área construída, numa área total de aproximadamente 35 mil m².

O arquiteto da Secretaria Municipal de Planejamento Luis Gustavo Casarin, fiscal da obra, informou que além do setor administrativo e do abatedouro, o complexo será formado por uma guarita com balança, vestiário, portaria e todo o sistema de decantação, incluindo as lagoas. Ele explica que se trata de uma obra bem estruturada, dentro das normas exigidas por lei.

A expectativa dos mais de 300 produtores de peixe que atuam em Dourados é de que o frigorífico esteja funcionando ainda no início do próximo ano, já que a expansão da atividade depende dessa obra. Segundo piscicultores, a produção existe, mas falta a comercialização. O abatedouro, além de trazer benefícios para a classe, ainda vai oferecer pelo menos 1.500 empregos, entre diretos e indiretos.

Quando o frigorífico estiver pronto, produtor vai entregar o peixe no local, onde o pescado será limpo e embalado, saindo pronto para ser comercializado, inclusive com o selo do serviço de inspeção. A capacidade para produção será de cinco toneladas por dia.

Incentivo - O reinício das obras é mais um compromisso do prefeito Murilo Zauith para impulsionar o setor de piscicultura em Dourados.

Através da Secretaria Municipal de Agricultura, Indústria e Comércio, a prefeitura tem atuado diretamente com a piscicultura, buscando meios para favorecer a comercialização, como é o caso da Feira do Peixe e outras ações.

Encontro - Para discutir assuntos relacionados à atividade, a Prefeitura de Dourados, junto com outros parceiros, realiza de 15 a 17 deste mês, no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho, o 2º Encontro de Piscicultores de Mato Grosso do Sul.

O frigorífico é um assunto que está na pauta do evento, além da apresentação de novas tecnologias para melhorar os resultados para a produção regional, através de palestras de especialistas na área.

Participam ainda da realização do encontro a Câmara Setorial da Piscicultura de MS, MSPeixe, Embrapa, UFGD, Sebrae/MS, Famasul, Fundação de Turismo, MPA (Ministério da Pesca e Aquicultura), Seprotur, Assossipisco, Agraer, Sindicato Rural de Dourados, Aquabrasil e Projeto Pacu.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions