A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

17/10/2013 23:40

Prefeitura de Mundo Novo doa áreas para Sanesul ampliar poços

Vinícius Squinelo

Durante visita à cidade de Mundo Novo nesta quinta-feira (17), o presidente da Empresa de Sanesul (Saneamento de Mato Grosso do Sul), José Carlos Barbosa, se reuniu com o vice-prefeito de Mundo Novo, Nivaldo Batista Marques, e secretários municipais. Na oportunidade foi assinado um termo de doação de áreas para a Sanesul, que serão destinadas a perfuração de dois poços tubulares profundos, o MUN-006 e o MUN-007.

Veja Mais
Europeus querem boicote à soja por genocídio indígena, diz deputado
Corpo encontrado em rio é de trabalhador que desapareceu no domingo

Serão investidos nestas duas obras mais de R$ 300 mil de recursos da empresa. De acordo com o presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, o objetivo até o final de sua gestão é deixar Mundo Novo bem atendido na parte de água, pois a cidade está em pleno desenvolvimento e necessita com urgência desses novos poços.

Para o vice-prefeito da cidade, Nivaldo Batista Marques, a visita do presidente da empresa a Mundo Novo só comprova a seriedade do seu trabalho à frente da Sanesul, além de reforçar os investimentos destinados ao saneamento básico do município, que também é uma prioridade da empresa. “Essas obras significam muito para nós, porque vão trazer mais qualidade de vida à nossa população”, enfatizou o vice-prefeito.

José Carlos Barbosa também aproveitou para comunicar às autoridades o andamento do projeto de ampliação do sistema de esgotamento sanitário, com a construção de uma estação de tratamento de esgoto (ETE) com capacidade de tratar 20 litros por segundo, elevatória, linha de recalque, implantação de 14.715 metros de rede coletora e 500 ligações domiciliares de esgoto.

“O projeto já está sendo atualizado e o Exército já cedeu a área para a Sanesul construir a ETE. Em breve vai ser autorizado o processo licitatório, e depois devemos assinar a ordem de serviço”, explicou o presidente. Serão aplicados nesta obra mais de R$ 5 milhões e os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) via Fundação Nacional de Saúde (Funasa).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions