A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

04/09/2014 14:21

Prefeitura doa área para empresa de reciclagem que vai investir R$ 30 milhões

Priscilla Peres
Empresa vai construir sua quinta unidade em Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação/Assessoria)Empresa vai construir sua quinta unidade em Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação/Assessoria)

A prefeitura de Paranaíba - distante 422 km de Campo Grande, entregou hoje a empresa Latasa Reciclagem, a outorga da escritura da área de 35.616m², localizada às margens da BR-158, onde será construída a unidade da empresa. A previsão é que sejam investidos R$ 30 milhões no município.

A doação da área foi feita pelo governo do Estado, em uma promessa do governador André Puccinelli (PMDB) ao prefeito Diogo Tita (PPS). A partir de agora, a Latasa terá um prazo para início e término das obras de dois anos. A empresa tem quatro unidades em São Paulo e terá a primeira em Mato Grosso do Sul.

O grupo Latasa é composto por três grandes indústrias - Stihl, Minas Zinco, Latasa Reciclagem. A priori, será iniciada a construção da Latasa reciclagem e em um segundo plano as demais. A previsão é que a primeira unidade gere 300 empregos diretos.

Para o prefeito Tita a instalação da empresa no município será de suma importância para a economia regional. "Estou muito feliz, hoje é um dia histórico para o município, pois é a maior recicladora de alumínio do país”, lembrou .

Apesar do prazo de dois anos, CEO da Latasa, Mario Fernandes, garantiu que pretendem iniciar o mais rápido possível a edificação e explicou como funcionará o trabalho na cidade. “Captamos sucata do Brasil todo, de alumínio, e processamos em São Paulo, agora parte será trazida para Paranaíba. Então, nós processamos essa sucata em nossa indústria e revendemos a alguns clientes das áreas: automotiva, siderúrgica, linha branca etc.”, disse.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions