A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

06/08/2015 12:38

Presidente da Câmara anuncia escola do legislativo e rádio no 2º semestre

Helio de Freitas, de Dourados
Câmara de Vereadores de Dourados fez acordo com o MPE para implantar Escola do Legislativo (Foto: Thiago Morais/Divulgação)Câmara de Vereadores de Dourados fez acordo com o MPE para implantar Escola do Legislativo (Foto: Thiago Morais/Divulgação)

A Câmara de Vereadores de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, vai implantar a Escola do Legislativo e a Rede Legislativa de Rádio no segundo semestre de 2015. O presidente do Legislativo, Idenor Machado (DEM) disse que o convênio com o MPE (Ministério Público Estadual) para concretizar a parceria já foi assinado e a estrutura deve começar a ser instalada na segunda quinzena deste mês, com início de um ciclo de palestras.

Veja Mais
Câmara inicia semestre legislativo hoje e retoma discussão sobre apalpada
Vereadores voltam ao batente na segunda prometendo “muito trabalho”

Segundo ele, com a Escola do Legislativo a Câmara de Dourados vai promover a capacitação de agentes políticos municipais, estaduais e dos servidores da Casa, melhorando o funcionamento do Poder Legislativo. Durante o ciclo de palestras, os participantes receberão conhecimentos básicos para o exercício de qualquer função legislativa.

Rede de rádio – Outra novidade anunciada por Idenor Machado é o novo canal de comunicação entre vereadores e população por meio da Rede Legislativa de Rádio. Segundo o presidente da Câmara, a implantação da rede está em fase inicial e será concluído no segundo semestre.

Após a implantação, a Câmara de Vereadores da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul estará integrada à Rede Legislativa de Rádio e terá seu próprio canal para transmissão das sessões e para a divulgação das atividades legislativas, além de oferecer opções de entretenimento durante a programação.

Idenor Machado espera um segundo semestre de “muito” trabalho para os 19 vereadores de Dourados. Conforme balanço da Câmara, no primeiro semestre foram discutidos e votados 65 projetos de lei, 18 projetos de lei complementar, três projetos de resolução e dez projetos de decreto legislativo.

Os vereadores douradenses também encaminharam 1.414 indicações, 906 ofícios e 293 moções. “Acredito que realizamos um trabalho coerente, mantendo postura crítica ao Executivo quando necessário, mas também nos colocando como parceiros da administração para transformar as reivindicações da comunidade em realidade”, avalia Idenor.

Vereadores voltam ao batente na segunda prometendo “muito trabalho”
Os 19 vereadores de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, retomam os trabalhos em plenário na próxima segunda-feira, dia 2 de fevereiro. A prime...
Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions