A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

09/06/2014 08:20

Presídio de Dois Irmãos recebe 24 presos mesmo após tentativa de fuga em massa

Bruno Chaves
Túneis foram cavados em presídio de Dois Irmãos (Foto: Karlão/Buriti News)Túneis foram cavados em presídio de Dois Irmãos (Foto: Karlão/Buriti News)

Depois de 64 presos da cadeia pública de Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande, rebelarem-se em um princípio de motim, neste domingo (8), quebrando parte da unidade e ateando fogo em colchões, o juiz da comarca, Marcus Vinícius Elias, determinou a desativação da unidade. No mesmo dia, 40 internos foram transferidos para Dourados e 24 para Dois Irmãos do Buriti, de onde 50 detentos tentaram fuga em massa no sábado (7).

Veja Mais
“A situação foi controlada”, diz prefeito de Maracaju sobre motim em cadeia
Polícia envia reforço para transferência de presos em Maracaju

A operação mobilizou a PRE (Polícia Rodoviária Estadual), o DOF (Departamento de Operação de Fronteira), o Corpo de Bombeiros e Força Tática de Dourados. Campo Grande também enviou reforço, encaminhando 35 policiais do BPChoque (Batalhão da Polícia de Choque) e 12 das Operações Especiais.

Com a justificativa de que o presídio de Maracaju teve a estrutura danificada durante o motim, o juízo da comarca determinou a interdição. Além dos presos enviados para outras cidades, três internos foram levados para a delegacia. Eles seriam os líderes da rebelião.

Tentativa de fuga em massa de Dois Irmãos – A tentativa de evasão no presídio de Dois Irmãos foi descoberta no final do sábado, conforme informou o Buriti News. Os agentes descobriram a intenção ao observarem a falta de água na unidade e perceberem que o líquido que estava na vazante tinha coloração vermelha e barrenta.

Túneis e buracos – Depois da análise, os funcionários foram vistoriar as celas e encontraram vários buracos e sacos de terra, inclusive, túneis que interligavam cinco delas. Após o ocorrido, os presos foram encaminhados para a cela disciplinar e oito deles, considerados os mentores da fuga, foram transferidos para a Penitenciária Máxima de Campo Grande.

Ainda conforme o Buriti News, a unidade de Dois Irmãos está superlotada e, atualmente, possui 464 detentos.

“A situação foi controlada”, diz prefeito de Maracaju sobre motim em cadeia
O prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja, afirmou, neste domingo (8), que o motim iniciado na cadeia pública da cidade teve fim. “A situação foi con...
Presos fazem motim em cadeia de Maracaju e ateiam fogo em colchões
Detentos da cadeia pública de Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande, iniciaram um princípio de motim neste domingo (8) e atearam fogo em colchõ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions