A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

17/05/2011 18:24

Presos de Sidrolândia se rebelam por mais banho de sol e visitas

Nadyenka Castro

Eles danificaram a cadeia

Os 33 presos que estão na cadeia pública de Sidrolândia, município que fica a 71 quilômetros de Campo Grande, se rebelaram na manhã desta terça-feira, três dias após terem danificado o local. Eles querem mais tempo para o banho de sol e para visitas.

Durante o banho de sol os presos se juntaram e ao fim do período se recusaram a voltar às celas e começaram a tumultuar a cadeia.

A PM (Polícia Militar) foi acionada, mas os detentos só acabaram com o motim quando o delegado que responde temporariamente pelo local chegou. Ele atua em Campo Grande, mas reponde pela delegacia durante as férias da delegada titular.

Três dias antes, no sábado, os internos danificaram as luzes do corredor da cadeia, queimaram colchões e cobertores. Também ameaçaram jogar água quente nos policiais.

De acordo com a Polícia Civil, os presos querem mais tempo para o banho de sol e para visitas.

Idoso sofre sequestro relâmpago por supostos vendedores na fronteira
Idoso de 61 anos e brasileiro, sofreu um sequestro relâmpago na manhã deste domingo (4), enquanto descia do seu veículo para realizar compras no lado...
Concurso Beleza Negra acontece na próxima sexta-feira em Dourados
A cidade de Dourados - que fica a 233 km de Campo Grande - recebe na próxima sexta-feira (9), a partir da 19h, a primeira edição do Concurso Beleza N...



É isso ai Genezio Fernandes: preso tem que "pagar pena" trabalhando. E trabalho não falta. E para os que se recusam ao trabalho, então é cela 2x2 mesmo, e sem regalia alguma. Se queimou colchão só deveria receber outro se a família fornecesse. Nossa LEP (Lei de Execuções Penais) é muito branda. É urgente e necessário um repensar sobre essa questão. Sabemos que só "entupir os presídios e cadeias" não resolve. A participação da sociedade, em especial empresários dos mais diversos setores, é também fundamental para que o "cabra" ao sair tenha oportunidades de emprego reintegração social. Empregadores deveriam ganhar benefícios fiscais, ajudando-nos com a oferta de emprego para ex presidiários. E repito: se o "cabra" recusa as oportunidades que lhe são ofertadas, então é celinha 2x2 mesmo, e sem regalia alguma. E com todo respeito, "aquele tal de Direitos Humanos" tem que preocupar-se também com as vítimas que esse povo faz. Fernando - Campo Grande/MS)
 
Fernando Silva em 18/05/2011 09:38:48
Apesar dele ter sido, um pouco ríspido em suas palavras, concordo com o comentário do Genezio.
É inadimissível que pessoas que cometeram crimes de todas as naturezas, fiquem desfrutando de ociosidade. O Centro de Defesa dos Direitos Humanos devia reestruturar sua linha de ação e redefinir o que é direito e o que não é.
Fico inconformado quando ouço dizer que é contra os direitos humanos, forçar um cidadão infrator a trabalhar. Isso deveria ser a principal penalidade de um detento.
Vai fazer estrada, trabalhar na lavoura, fazer tijolos, enfim, TRABALHAR!!!

O cuidado em se respeitar os direitos humanos é louvável e necessário, e sem dúvida deve existir. Mas acho que o simples fato de cercear a liberdade de um indivíduo, já é, por si só, muito mais agressivo. Portanto, forçar esse indivíduo a trabalhar, ao meu ver não seria algo tão medonho assim!
 
Guilherme Rodrigues em 18/05/2011 08:51:24
Preso não tem que reclamar de nada, precisa trabalhar de sol a sol, pra dar valor a vida e aprender a respeitar as pessoas.
Aposto que quando tinha sua liberdade, nem ligava para a família e nem tomava banho de sol, porque agora tem saudade do pai, da mãe ou da esposa?
O Brasil deve repensar sobre este sistema falido de penitenciária!!!
 
Rebeca Pompeu em 18/05/2011 08:38:13
JÁ QUE ELES QUEREM MAIS REGALIAS (BANHO, VISITAS, ETC) FAÇAM UMA JAULA BEM NO MEIO DA PRAÇA DE SIDROLÂNDIA E COLOQUEM TODOS ELES LÁ, DEIXEM TOMANDO BANHO DE SOL, BANHO DE LUA, BANHO DE CHUVA E TERÃO VÁRIAS PESSOAS VISITANDO. SE QUEREM REGALIAS NÃO DEVERIAM TER FEITO CAGADAS, HÁ E QUANTO AOS COLCHÕES QUE QUEIMARAM DEIXEM DORMIR NO CHÃO ESSES ANIMAIS (IR) RACIONAIS.
 
Douglas Ruiz em 18/05/2011 08:35:26
Não sei o que esses caras estão querendo mais. A cadeia de Sidrolandia é a mais "fofa" do estado. 5 presos por cela, empresa contratada especialmente para servir a alimentação que é composta de chá com pão pela manhã, almoço de primeira as 11 horas e jantar as 18 horas. Sou jornalista e conselheiro tutelar e a boa vida desses caras que são assistidos diariamente pela defensoria publica que não deixa se quer gritar com eles chega a irritar nós pais de familia que trabalhamos 17 horas por dia para podermos dar pelo menos o cha da manhã para nossos filhos. Cadeia é cadeia e quem quer vida melhor que essa não comete crimes.
 
Cid Pinheiro em 18/05/2011 08:15:16
Põe este bando de marginais na fogueira e deia eles queimando la ate acabar..ai sim eles vão ter o que merecem..
 
Luiz Cesar em 18/05/2011 08:05:19
É fácil resolver essa situação, os marginais devem virar trabalhadores pois se não aguentam cadeia devem sair do crime. Quem deve ter conforto é o trabalhador comum , o pai de família, a mãe batalhadora, temos que inverter os valores. Autoridades : os direitos devem ser prioridade para o cidadão de bem...
 
george conrado em 18/05/2011 07:29:26
Esses presos tem que receber mais visitas sim e passar mais tempo tomando banho de sol. Mas na companhia do KID BENGALA.
 
amilton almeida em 18/05/2011 07:11:09
PORQUE NAO POE ESSE POVO REBELADO PRA TRABALHAR ROÇANDO BEIRA DA RODOVIA? ASSIM ELES TERAO VISITA TODO DIA E BANHO DE SOL. BANDIDO TEM QUE SOFRER, DAQUI A POUCO VAO QUERER AGUA DE COCO, PISCINA... POE ESSE BANDO DE INUTEIS PRA TRABALHAR ISSSO SIM.
 
GENEZIO FERNANDES em 17/05/2011 07:03:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions