A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

27/07/2015 07:05

Presos fazem oração, agridem policial com ferro e fogem de delegacia

Viviane Oliveira

Um policial civil de 27 anos foi agredido com barra de ferro por presos que fugiram da cela da delegacia na noite de ontem (26), em Água Clara, distante 198 quilômetros de Campo Grande. Os detentos são Gilmar do Carmo Soares, 28 anos, Eder Sousa de Araújo, 21, Wuillian Freitas dos Santos e Vinicius Henrique Libanio da Conceição, ambos de 18 anos. Dos quatro fugitivos, três foram recapturados.

Veja Mais
Ministério da Agricultura cede espaço para armazenamento de produtos rurais
Reestruturação em presídio inclui sala para "videoaudiências"

De acordo com boletim de ocorrência, o investigador estava de plantão, quando começou a ouvir das celas barulho de cantos e orações. Depois de um tempo, os presos chamaram o policial no local alegando que havia algum problema em uma das celas.

Ao abrir a porta de acesso ao local, o policial foi surpreendido por Éder que com uma barra de ferro, tirada de uma das camas, agrediu o plantonista. O investigador se defendeu, mas foi perseguido pelos outros presos. Ele, então, correu para um outro setor da delegacia e disparou em direção a porta e atingiu uma das pernas de Éder. Em seguida, os presos fugiram. O policial pediu reforço, identificou os presos e saiu em busca dos fugitivos.

Foram recapturados Willian, em uma casa próxima a delegacia. Já Vinicius e Gilmar foram localizados na BR-262 no sentido Campo Grande. Éder, que provavelmente foi baleado, continua foragido. O caso foi registrado como homicídio na forma tentada - qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions