A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

20/05/2011 14:49

PRF prende “caroneiras” com tabletes de maconha, segundo caso este mês

Paula Maciulevicius

Mulheres pegaram carona em carreta bitrem e levavam droga na bagagem

Maconha seria levada para Porto Velho, em Rondônia. (Foto: Divulgação)Maconha seria levada para Porto Velho, em Rondônia. (Foto: Divulgação)

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) prendeu duas mulheres no quilômetro 613, no Posto de Fiscalização da PRF, em São Gabriel do Oeste, por tráfico de drogas. Elas transportavam tabletes de maconha em malas, na carreta bitrem Mercedes Benz/AXOR 2540 com placas de Cascavel/PR. As mulheres estavam de carona no veículo.

Policiais Rodoviários Federais abordaram a carreta com duas caroneiras, uma desempregada de 28 anos e outra vendedora de roupas, 42 anos, as duas da cidade de Porto Velho, em Rondônia.

Segundo informações da Polícia, as mulheres pegaram carona no pátio de um posto de combustíveis no anel rodoviário, em Campo Grande.

Nas malas estavam 40 tabletes de maconha, totalizando 44,6 quilos.

As “caroneiras” informaram à PRF que adquiriram o entorpecente em Campo Grande pelo valor de R$ 3,5 mil e levariam para Porto Velho. Elas disseram que o proprietário da droga está preso em Manaus e utilizou um intermediário que mora em Rondônia para contratá-las.

As despesas de viagem mais o dinheiro para adquirir a maconha foram pagos pelo intermediário. Para transportar, as mulheres receberiam R$ 1,5 mil cada.

A mulher de 42 anos já foi presa por tráfico na capital rondoniana. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil em São Gabriel do Oeste.

O condutor do veículo foi ouvido e liberado, pois “as passageiras” negaram seu envolvimento no tráfico.

Segundo Caso - No começo do mês, duas irmãs também “caroneiras”, foram flagradas com 527 gramas de pasta base de cocaína nas proximidades de Rio Verde de Mato, local em que a droga seria entregue.

As irmãs, uma adolescente de 17 anos, e uma jovem de 22 anos, residem em Rio Verde de Mato Grosso. Elas pegaram carona em um caminhão em Campo Grande e receberiam R$ 500,00 para o transporte.

Segundo a PRF, o condutor do “caminhão” estava apenas oferecendo uma carona, sem saber da droga e também foi liberado pela Polícia Civil de Rio Verde de Mato Grosso.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions