A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

13/08/2015 16:21

Procon realiza em setembro campanha “Saindo do Sufoco”

Helio de Freitas, de Dourados
Comércio de Dourados tem 36 mil consumidores inadimplentes; campanha em setembro vai incentivar negociação (Foto: Eliel Oliveira)Comércio de Dourados tem 36 mil consumidores inadimplentes; campanha em setembro vai incentivar negociação (Foto: Eliel Oliveira)

O Procon realiza de 1º a 30 de setembro a campanha “Saindo do Sufoco”, para ajudar consumidores a negociar dívidas e resgatar o crédito no comércio de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. A ação começou a ser organizada em junho.

Veja Mais
PRF apreende carreta com 250 kg de agrotóxicos contrabandeados do Uruguai
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo

O diretor do Procon, Rozemar Mattos de Souza, informou ao Campo Grande News que neste mês o órgão está formalizando as adesões de empresas e instituições financeiras que vão participar da campanha.

“Estamos formalizando as adesões. Todos os bancos e outras instituições financeiras, além da Energisa, já confirmaram e aguardamos a Aced informar o número de estabelecimentos do comércio”, declarou. A Unigran e a Associação Comercial e Empresarial de Dourados apoiam a campanha.

Para participar, as empresas devem procurar o Procon para formalizar o acordo. Durante os 31 dias da campanha, os consumidores inadimplentes poderão se dirigir ao órgão de defesa do consumidor para negociar os débitos com taxa de juros de 1% e multa de 2%.

“Esse parâmetro de cálculo é o mais adequado para evitar a vantagem excessiva por parte do fornecedor e o desequilíbrio nas relações de consumo”, afirmou Rozemar. O cálculo da dívida e a proposta de negociação serão feitos por acadêmicos da Unigran, com intermédio de representantes do Procon.

Dados do SPC (Sistema de Proteção ao Crédito) mostram que no comércio de Dourados existem pelo menos 36,5 mil consumidores inadimplentes, com uma dívida total superior a R$ 18 milhões. De janeiro a julho deste ano foram 14,2 mil novos consumidores inscritos no SPC, que não inclui bancos e outras financeiras.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions