A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

22/04/2015 15:56

Professores da Europa, América do Norte e Oceania conhecem universidade de MS

Helio de Freitas, de Dourados

Professores de universidades estrangeiras vêm constantemente a Mato Grosso do Sul para participar de palestras e seminários e para conhecer as atividades de ensino e pesquisa que são desenvolvidas pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Neste mês, palestrantes do Brasil, Portugal, Estados Unidos e Austrália estiveram na cidade para um seminário de intercâmbio de conhecimentos. Cada um falou sobre diferentes formas de incentivar os estudantes de nível superior a conhecer outras culturas e formas de aprendizagens estrangeiras.

Veja Mais
Lista tríplice é enviada a Brasília para Dilma escolher novo reitor da UFGD
Administrativos da UFGD aderem à protesto nacional e param por 3 dias

Para a UFGD, o uso de ferramentas de comunicação e interatividade, como vídeos e ligações via internet, a leitura de artigos em língua estrangeira, a participação em palestras e eventos com docentes vindos de outros países e o contato com grupos de pesquisa de diversas universidades são formas de promover a internacionalização a um custo baixo.

Criado em 2007, o Escritório de Assuntos Internacionais da universidade é o órgão responsável em promover o intercâmbio acadêmico de alunos, professores e técnicos administrativos. Além de auxiliar setores da UFGD sobre atividades acadêmicas, técnico-científicas, culturais e administrativas relacionadas a assuntos internacionais, o escritório incentiva convênios com instituições de ensino e organismos de outros países.

Um desses convênios é com o grupo de Universidades Iberoamericanas La Rábida, que reúne instituições de ensino de 20 países, com o objetivo de facilitar o intercâmbio de alunos, docentes e técnicos e promover atividades de ensino e pesquisa internacionais.

Na manhã de hoje, o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, professor Claudio Alves de Vasconcelos, e o coordenador do Esai, professor Alfa Oumar Diallo, receberam duas professoras, entre elas Maria Antonia Peña Guerrero, vice-reitora de Internacionalização da Universidad Internacional de Andalucía (Espanha) e vice-presidente do Grupo La Rábida.

Também esteve em Dourados a professora Marta Bonaudo, do curso de História da Universidad Nacional de Rosario (Argentina), que coordena o grupo de Pesquisas Sócio-Históricas Regionais. Ambas vieram conhecer a UFGD e as atividades de pesquisa desenvolvidas na cidade.

Graduação internacional – Uma das atividades desenvolvidas pela UFGD em parceria com o Grupo de Universidades Iberoamericanas La Rábida são quatro cursos internacionais para estudantes de graduação e pós-graduação.

O cronograma inclui temas como “Fronteiras e migrações”, “Historiografia Latino-Americana”, “Gênero e interculturalidade” e “Literatura e espaços de fronteira”. As atividades estão programadas para os dias 22 a 25 de abril e 4 a 8 de maio. Todos os cursos são gratuitos e as inscrições estão abertas.

Professores de universidades de Portugal, Estados Unidos e Austrália com docentes da UFGD, em Dourados (Foto: Divulgação)Professores de universidades de Portugal, Estados Unidos e Austrália com docentes da UFGD, em Dourados (Foto: Divulgação)
Lista tríplice é enviada a Brasília para Dilma escolher novo reitor da UFGD
Já está no Palácio do Planalto para apreciação da presidente Dilma Rousseff a lista tríplice com a indicação de nomes para reitor e vice-reitor da UF...
UFGD seleciona fotografias e obras de arte para formação de acervo
A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), por meio de sua Coordenadoria de Cultura, lançou dois editais para seleção de fotografias e obras p...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions