A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

30/07/2014 20:13

Professores indígenas bloqueiam MS-156 em forma de protesto

Alan Diógenes
Sem conseguir passar, fila de carretas e caminhões é grande no local. (Foto: Laurinda Pais/Dourados News)Sem conseguir passar, fila de carretas e caminhões é grande no local. (Foto: Laurinda Pais/Dourados News)

Os professores indígenas que estão bloqueando a MS-156 em Dourados, a 230 quilômetros de Campo Grande, já informaram que irão montar acampamento e passar a noite no bloqueio. O grupo está bloqueando a avenida desde a manhã desta quarta-feira (30),

Veja Mais
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
Carreta transportando combustível bate em carro e uma pessoa morre

A informação foi repassada pela professora Neusa Meireles Quirino, ao site Dourados News.”Vamos passar a noite e continuaremos até o prefeito dar um posicionamento para nós”, comentou.

O bloqueio ocorreu após o prefeito Murilo Zauith (PSB) não ter atendido a comissão de negociação para tratar de assuntos sobre a greve na educação.Mas, conforme informou a a secretaria de educação, Marinisa Mizoguchi, Zauith, ao Dourados News, o parlamentar está cumprindo agenda fora da cidade.

Greve - Os professores estão em greve há duas semanas. A queda de braço entre o Simted e a prefeitura está num acordo formalizado em abril deste ano onde havia sido decidido a implantação do piso nacional de R$ 1697,00 para uma carga horária de 40 horas.

Contudo, a categoria reivindica uma política municipal de valorização que eleve gradualmente, em quatro anos, este valor para uma carga horária de 20 horas, como já se aplica em Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions