A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

16/07/2014 15:11

Professores reafirmam greve em Dourados e orientam alunos a faltar

Marta Ferreira
Professores de Dourados fizeram assembleia hoje. (Foto:  Ademir Almeida/Dourados News)Professores de Dourados fizeram assembleia hoje. (Foto: Ademir Almeida/Dourados News)

A assembleia realizada nesta manhã pelo Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) em Dourados, município a 223 quilômetros de Campo Grande, reafirmou a deflagração de greve, que já havia sido decidida ontem.

A categoria está em negociação salarial com a Prefeitura, que garante que vai haver aulas normais, com o contingente de 30% de professores que, por lei, deve ser mantido, além dos contratados.

A rede municipal de ensino em Dourados tem 2,9 mil professores, dos quais 1,4 mil são contratados e não concursos, conforme a prefeitura. Com esse contingente, a Secretaria de Educação espera manter as aulas normais.

O Sindicato, porém, está orientando os pais a não mandar os 27 mil alunos para as aulas amanhã, segundo o site Dourados News. “A greve está mantida e estamos avisando aos pais que não encaminhem seus filhos à escola, por que não terá professor. As aulas só retornarão se tivermos uma nova proposta da administração municipal”, afirmou o presidente do Simted, João Vanderley Azevedo ao site.

Amanhã, a partir das 7h30 está prevista nova assembleia. Segundo o sindicato, vai ser debatida a agenda do movimento grevista.

As negociações começaram em abril. A Prefeitura propôs reajuste de 8,31% para professores e de 6,15% para funcionários administrativos a partir de julho, mas retroativo a abril, conforme determina a lei. A proposta diz que o reajusta será concedido em três parcelas, junto com o salário já corrigido em julho. Os professores querem o pagamento do piso nacional, o que, conforme a admnistração municipal, significaria dobrar o valor pago atualmente.

Veja Mais
Professores fazem assembleia para decidir sobre greve em Dourados
Professores anunciam greve, mas prefeitura diz que ano letivo recomeça normal




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions