A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

02/07/2015 18:45

Professores são trocados por estagiários em aulas para reforço escolar

Renata Volpe Haddad

Professores responsáveis pelo reforço escolar de Paraíso das Águas, distante 268 km de Campo Grande, foram trocados por estagiários, decisão autorizada pelo prefeito Ivan da Cruz Pereira (PMDB). No mesmo ofício, consta ainda ajustes de turmas nas escolas rurais, extinção de cargos de regentes nas salas de tecnologia e corte de duas horas nas salas de tecnologia para os alunos.

Segundo a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), o ofício número 27/2015, que foi publicado na segunda-feira (29), alega que "serão extintos os cargos regentes de reforço escolar, e essas aulas, serão ministradas pelos estágios remunerados. Cabe a escola organizar a melhor forma de tempo e espaço para atender os alunos com déficit de aprendizagem do 1º ao 3º ano".

Conforme o assessor jurídico da Federação, advogado Ronaldo Franco, a legislação deixa claro que o estagiário não pode nem substituir e nem exercer atividade típica de servidor público, ato ilegal, além de precarizar a relação de trabalho no âmbito da administração pública.

Para o presidente da SIMTED (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), Leonardo Corniani, a medida vai prejudicar ainda mais os alunos que precisam de reforço escolar. “Essa medida da prefeitura vai trazer prejuízo para os alunos, porque são eles que já tem dificuldade de aprendizado”, afirmou.

O prefeito de Paraíso das Águas, foi procurado pela reportagem do Campo Grande News, mas o celular dele estava desligado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions