A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

30/10/2013 06:56

Quadrilha com detentos do semiaberto e mulheres assalta relojoaria em Itaporã

Aliny Mary Dias

A polícia de Itaporã, a 227 quilômetros de Campo Grande, procura cinco dos sete integrantes de uma quadrilha que assaltou uma relojoaria localizada no centro da cidade, no fim da tarde de ontem (29). Entre os bandidos, dois são detentos do regime semiaberto e outro agiu de dentro do presídio.

Veja Mais
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
Carreta transportando combustível bate em carro e uma pessoa morre

Conforme a polícia, os homens invadiram a relojoaria e ameaçaram os funcionários com um revólver. Na ação, os assaltantes levaram joias de prata, entre elas alianças, brincos, pulseiras, correntes e pingentes. O celular de um cliente também foi levado pelos homens.

De acordo com o registro da ocorrência, dois homens identificados como ‘Beiço’ e ‘Subaco’ desistiram do roubo às vésperas do crime. As duas jovens detidas pela polícia são Patrícia de Oliveira Pedroso, de 19 anos, e Maiara Rodrigues de Jesus, de 21 anos.

Estão sendo procurados Carlos Augusto Cramolisk, de 30 anos considerado o mandante do assalto, e Jonathan Robert de Souza Rodrigues, de 26 anos. Os jovens são detentos do regime semiaberto e não voltaram para a prisão, eles são considerados evadidos do sistema, segundo a polícia.

De acordo com o depoimento de Patrícia, o assalto estava sendo planejado há uma semana e a função da jovem seria levar a moto usada no crime para Dourados, logo após o assalto. Segundo a polícia, Maiara esteve na loja minutos antes da ação para escolher os itens roubados.

Além das jovens, dos dois detentos e dos outros dois homens que desistiram do assalto às vésperas, outro detento conhecido como ‘Nego Adama’ também participou do crime de dentro da cadeia. Conforme o depoimento das jovens, o homem mediou o contato entre Patrícia e Carlos Augusto, o mentor do assalto.

A moto usada no crime foi apreendida pela polícia e os militares estão à procura dos detentos do semiaberto e dos outros participantes do assalto. Na ação, ninguém ficou ferido, de acordo com a polícia. O valor das joias roubadas não foi divulgado pela polícia.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions