A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

01/04/2011 18:30

Quadrilha que lesou ex-deputado em R$ 5 milhões está presa em MS

Jorge Almoas

Bandidos furtavam gado e madeira, e vendiam "a preço de banana"

Uma quadrilha que lesou em R$ 5 milhões o ex-deputado federal Paulo Lima (PMDB-SP), que possui propriedades rurais em Pedro Gomes, foi desbaratada pela Polícia Civil, com apoio da corporação de Presidente Prudente e da Polícia Militar.

De acordo com informações do Edição de Notícias, dois integrantes da quadrilha estão presos em Pedro Gomes. João Mustafá Neto, de 60 anos, administrava as fazendas Santa Cristina e Sol Nascente, ambas em Pedro Gomes, que pertencem ao ex-deputado federal.

Além dele, Manoel Antônio da Silva, de 39 anos, também está preso em Pedro Gomes. Um terceiro integrante da quadrilha, Maquielvis Lopes Grison, de 35 anos, conhecido como “Pequeno” está com a prisão temporária decretada, mas está foragido.

A quadrilha furtava gado e madeira das fazendas há cerca de cinco anos, disse a delegada de Pedro Gomes, Silvia Elaine Girardi dos Santos. Foi o próprio deputado federal que constatou irregularidades nas propriedades rurais.

A principal irregularidade notada era a divergência no número de gado, assim como desmatamento ilegal. Nas investigações, descobriu-se que a quadrilha furtou cerca de 1.700 cabeças de gado, incluindo animais de elite, conhecidos como PO (Pura Origem).

Além disso, foram derrubadas aproximadamente 6.000 árvores e vendeu a madeira. O gado era vendido para frigoríficos e a madeira direcionada para madeireiras. Apesar do gado de elite, os animais chegaram a ser vendidos pelo preço de gado comum. Os produtos eram vendidos com notas “esquentadas”.

João Mustafá arrendou parte das propriedades de Paulo Lima para terceiros na tentativa de encobrir o furto das cabeças de gado. Quando o ex-deputado federal contabilizava o rebanho, acreditava se tratar de sua propriedade.

Com mandados de busca e apreensão, e também de prisão, a delegada foi até Presidente Prudente, onde apreendeu documentos e prendeu João Mustafá Neto. As ações contaram com o apoio da polícia do município do interior de São Paulo.

Foi possível localizar diversas cabeças de gado e madeiras que foram vendidas com notas fiscais compradas no comércio local. A investigação deve se estender por mais alguns dias.

Diversas pessoas e empresas devem ser investigadas e outras pessoas, além dos três citados, devem ser indiciados. O prejuízo calculado até o momento é de, aproximadamente, R$ 5 milhões.

Motorista embriagado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Guinovaldo Aguiar Gama, de 53 anos, foi preso em flagrante depois de ter atropelado um ciclista na região central de Itaporã, 227 quilômetros de Camp...
Rapaz foge de policial a paisana e abandona mochila com 18 kg de droga
Homem fugiu deixando uma mochila com 18 quilos de maconha, depois de ser abordado esta manhã (10) por um policial a paisana na rodoviária de Ponta Po...
Marido agride mulher e tenta se enforcar em seguida, mas vai preso
Depois de agredir a esposa, de 45 anos, homem de 26, tentou se enforcar, mas acabou preso, esta noite (10) em Vicentina, a 255 quilômetros de Campo G...



Não sei se vcs sabem, mas a "quadrilha" que dizem as notícias já está solta por falta de provas, já quem pode parar atrás dela parar na prisão..;.
 
Luiz Guilherme em 08/04/2011 07:35:35
Este Joao Mustafa se dizia espertao, pois uns anos atras deu maior golpe em Paraguaçu Paulista agora dançou de vez Parabens Policia do Mato Grosso do Sul e Presidente Prudente.........
 
Ana claudia em 07/04/2011 07:21:24
poxa que coisa deveria ser de confiança.
Agora pegar o que não é seu é roubo.
A familia lima conseguiu tudo, depois vem uma pessoa
e quer roubar o que é isto meu, pensa pequeno pega só o que pertence
o que é de outro não deve pegar.
 
Leonor Benedita de Souza em 06/04/2011 09:12:08
O meu amigo esse coitado do ex-deputado conseguiu um patrimoni desse acho eu que ele ficava vendendo lembrançinha no palácio do planalto, kkkkkkkkkkkk ou era motorista de ambulancia velhas de alguma prefeitura de nossa região, Parabens deputado o mundo é realmente dos esperto!!!
 
Ronaldo Silva em 06/04/2011 08:38:28
Parabéns Rui Spinola! Pessoas de bem com o Sr. Paulo Lima devem ser defendidos em lto e bom som, pois temos que acabar com esta onda de transformar o inocente em vítima para dar asas a bandidos. Parabéns também à polícia por se interessar a desvendar o caso.
Abraços
 
laura l. f. silva em 03/04/2011 07:55:35
a policia militar de matogrosso do sul e realmente eficaz, aqui não tem crime escondido agradeço o governo do zeca que troche o animo aos policiais.
 
antonio vicente de paula em 03/04/2011 06:44:14
Opa!!! Paulo Oliveira Lima é filho do Professor Agripino Lima e de Dona Ana, foi Deputado Federal pelo Estado de São Paulo e representa a região de Presidente Prudente. Se a polícia for investigar sua vida irá descobrir que são proprietários da UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista, antiga APEC Associação Prudentina de Educação e Cultura. Família de boa índole e com sua Instituição de Ensino são responsáveis pela formação de profissionais em diversos cursos... entre eles... Medicina, Odontologia, Medicina Veterinária, Farmacia, Direito.... ETC... É uma Universidade Particular, os cursos são pagos... e digo mais, se a UNIDERP é considerada grande... a UNOESTE é mais antiga e possui mais cursos e alunos... concluindo... se aprofundar um pouquinho mais a polícia irá descobrir que essa família são proprietários rurais antigos em nosso estado na região de Coxim, Pedro Gomes... Investem em nosso estado e pagam seus impostos. Geram emprego e renda. Na cidade de Coxim um dos melhores hotéis e entre inúmeros outros imóveis em nosso estado são de sua propriedade. O que seus funcionários fizeram foi roubo. O Paulo confiou seu patrimônio , pagou salário, deu casa, carro, combustível, conforto e o dito cujo apronta, ou melhor, rouba... ai não... tem que prender e fazer devolver o que roubou.
Conheci o Paulo Lima em 1982, desde essa época ele já era rico... e seu pai já tinha fazenda em nosso estado. E nem sonhava em ser Deputado... Justiça seja feita. Parabéns a Polícia pelo sucesso na operação.
 
Rui Spínola Barbosa em 03/04/2011 04:00:29
A polícia devia investigar também como o ex-deputado conseguiu ter um patrimônio bem acima de 5 milhões de reais.....
 
Carlos Brandão em 02/04/2011 05:56:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions