A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

09/09/2013 11:44

Quadrilha que roubou e matou o pecuarista disse que temia ser reconhecida

Graziela Rezende

Presos em flagrante há dois dias, de acordo com o delegado José Renato Miguel, a quadrilha responsável por roubar e executar com oito tiros o pecuarista Jacob Valentim Sittolim, 72 anos, em Santa Rita do Pardo, a 266 quilômetros da Capital, responderá por latrocínio (roubo seguido de morte), ocultação de cadáver, formação de quadrilha e corrupção de menores.

Segundo o delegado Miguel, o inquérito policial é realizado em segredo de Justiça, principalmente, por conta do envolvimento de dois adolescentes infratores. Acompanhados de dois adultos, os meninos de 14 e 17 anos invadiram o sítio da vítima por volta das 22h30 de sexta-feira (6) e o roubaram. No final, executaram o idoso porque descobriram o rosto durante o crime.

“Ainda temos 10 dias para finalizar as investigações e não descartamos a participação de outras pessoas, além dos laudos periciais que ainda não foram entregues”, comenta o delegado Miguel.

Crime - Três bandidos armados renderam o caseiro e o proprietário. A primeira vítima foi amarrada e trancada, enquanto o pecuarista foi levado pelos criminosos em sua caminhonete, uma F-250. Durante a ação, ele foi levado para um canavial e morto com oito tiros.

Nesse período o caseiro conseguiu se soltar e chamar o filho da vítima, que estava na fazenda vizinha. Por volta das 3h40 do sábado (7), a Polícia foi acionada. A quadrilha seguia para Bataguassú e lá abandonou o veículo, após uma falha mecânica.

Eles retornavam a Santa Rita do Pardo, quando foram presos. Todos disseram que a intenção era apenas a caminhonete, mas mataram Jacob porque temiam ser reconhecidos, já que retiraram o capuz. E conforme a Polícia, Jacob alugava um imóvel para familiares de dois dos criminosos.

Quadrilha é presa acusada de roubo a joalheria; funcionária é suspeita
Uma quadrilha formada por 10 pessoas foi desarticulada pela Polícia Civil de Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, após investigações de roubo a ...
Detentos são flagrados com celular cheio de vídeos de sexo com criança
Agentes penitenciários encontraram um celular contendo cenas de sexo com uma criança, na cela onde estão presos Luis Felipe Barbosa dos Santos, 19 an...
Dupla rende funcionários de mercado e foge levando carro e dinheiro
Funcionários de um supermercado localizado no centro de Três Lagoas, distante 338 km de Campo Grande, foram rendidos por dois bandidos armados. Viole...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions