A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

25/05/2013 15:12

Quatro pessoas foram presas em flagrante durante Operação Fronteira Unida

Evelyn Souza
Armas apreendidas durante operação. (Foto: Divulgação)Armas apreendidas durante operação. (Foto: Divulgação)

Quatro pessoas foram presas em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, durante a Operação Fronteira Unida, deflagrada na manhã de hoje (25), pelo GGIFRON (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira).

Veja Mais
Bonito é eleito o segundo destino mais "queridinho" por turistas em 2017
Europeus querem boicote à soja por genocídio indígena, diz deputado

A operação acontece nos Assentamentos Palmeira, Padroeira do Brasil, Uirapuru e Conceição, na região de Nioaque, localizados na faixa de fronteira do Brasil com o Paraguai.

Além das prisões, a polícia cumpriu seis mandados de busca apreensão, apreendeu sete armas de diversos calibres, inclusive de uso restrito e também recuperou dois veículos com registros de furto. No total, 700 veículos foram vistoriados e diversas mercadorias contrabandeadas do Paraguai foram apreendidas.

De acordo com GGIFRON, a Operação Fronteira Unida foi desencadeada após um trabalho de inteligência que mostra que os assentamentos estão sendo utilizados como rota de tráfico de drogas e de contrabando. A região também é apontada  como esconderijo de foragidos da justiça e comércio de veículos roubados e furtados em outras cidades de Mato Grosso do Sul.

Os estabelecimentos comerciais que ficam próximos aos Assentamentos estão sendo vistoriados pelo Corpo de Bombeiros e a PMA (Polícia Militar Ambiental), realiza fiscalização para coibir a extração ilegal de madeira, caça e a pesca predatória na região.

Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual, o Departamento de Operações de Fronteira e Detran-MS também participam da operação.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions