A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/08/2015 19:17

Queimadas aumentam 73,7% em relação a 2014 e população é principal causadora

Renata Volpe Haddad
Causa mais frequente de incêndios é causado por pessoas. (Foto: Divulgação)Causa mais frequente de incêndios é causado por pessoas. (Foto: Divulgação)

Em oito meses, o número de queimadas em Mato Grosso do Sul aumentou 73,7% em relação ao mesmo período que o ano passado. O Corpo de Bombeiros atendeu 1.152 ocorrências de 1º de janeiro a 17 de agosto deste ano, ultrapassando as queimadas registradas em todo o ano de 2014, que foram 1.044, de acordo com dados do Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional).

Veja Mais
Calor e tempo seco faz dobrar número de queimadas e aumenta riscos a saúde
Há 27 dias sem chuva, número de queimadas aumenta 135% neste ano

Apenas em Campo Grande, a Corporação recebe média de 30 solicitações diárias para atendimento de ocorrências envolvendo focos de incêndio em vegetações, terrenos baldios e pastagens. Para coibir as queimadas comuns em época de estiagem e evitar acidentes, o Corpo de Bombeiros aumentou em 75% o efetivo operacional de combate a incêndio.

O Comando-Geral do Corpo de Bombeiros emitiu em julho, quando teve início a estiagem no Estado, uma normativa autorizando os comandantes de batalhão remanejar militares do administrativo para o operacional, formando os GCIF (Grupamentos de Combate a Incêndio Florestal).

Na Capital, os quartéis do Parque dos Poderes e da Avenida Costa e Silva formaram novas equipes, o que aumentou em 75% a quantidade de militares no operacional. O reforço chegará a 100% quando o Comando-Geral redistribuir os militares.

De janeiro a agosto de 2014, os atendimentos somaram 663 casos, segundo o Sigo, da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Em Campo Grande e nos 11 municípios do entorno, o CMB (Comando Metropolitano dos Bombeiros) atendeu 424 ocorrências de incêndios entre 1º de janeiro e 17 de agosto de 2015. Nas outras 67 cidades, no mesmo período, o CBI (Comando dos Bombeiros do Interior) registrou 232. Em 2014, também entre 1º de janeiro e 17 de agosto, o CMB atendeu 424 ocorrências de incêndio e o CBI, 728.

Causas – O fogo provocado pelas pessoas é a causa mais frequente dos focos de incêndio em vegetações, terrenos baldios e pastagens, segundo o Corpo de Bombeiros. Na maioria das vezes, a população utiliza o fogo para limpeza de terrenos. Agravando a situação, em muitos casos, o incêndio é usado por aqueles que têm interesse em limpar determinada área para construir ou evitar multas.

Porém, fato que muitos desconhecem, é que incendiar terrenos baldios e pastagens é crime, conforme a Lei Federal 9.605/98. Quem for pego colocando fogo pode ser preso por até quatro anos, além de pagar multa. A população pode denunciar à polícia quem ateia fogo na vegetação. O Corpo de Bombeiro deve ser acionado pelo telefone 193 para acabar com as chamas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions