A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

04/02/2015 12:58

Raio cai em escritório de advocacia e causa princípio de incêndio

Viviane Oliveira
Os móveis da recepção ficaram destruídos. (Foto: Rio Pardo News)Os móveis da recepção ficaram destruídos. (Foto: Rio Pardo News)

Descarga elétrica causada pela queda de raio causou principio de incêndio na rede telefônica de um escritório de advocacia na noite desta terça-feira (3). O incidente foi na Rua Miguel Kozma na região do Jardim Vista Alegre, em Ribas do Rio Pardo, distante 103 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Jovem de 24 anos morre atingido por raio enquanto falava ao celular
Dez cidades de MS têm alta incidência de raios, que mataram 4 em 2014

O incêndio destruiu a mobília da recepção do escritório, deixou as paredes cobertas com uma cortina preta de fuligem e atingiu outras salas com fumaça densa e preta. As chamas foram contidas pela vizinhança que usou extintores para evitar que o fogo, que começou após um curto-circuito, atingisse as estruturas do prédio. Ninguém ficou ferido, conforme o site Rio Pardo News.

Queda de raio tem sido cada vez mais constante no Estado. Na última segunda-feira (2), Rafael Cunha Frete, 24 anos, morreu após ser atingido por um raio no quintal de casa na Rua Rui Barbosa, na Vila São Bento, em Sidrolândia. A vítima, falava ao celular quando aconteceu o acidente.

Segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Mato Grosso do Sul está entre os Estados com maior incidência de raios no País. Os dez municípios sul-mato-grossenses mais atingidas pelas descargas elétricas também estão entre os 150 do Brasil que tem 5.570 cidades. No ano passado, quatro pessoas morreram após serem atingidas por descargas no Estado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions