A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

14/08/2015 19:42

Representante da Petrobras afirma que é possível terminar UFN 3 em dois anos

Mariana Rodrigues
O representante da Petrobras comentou que é possível encontrar sócios e parceiros para o empreendimento em até um ano e terminar as obras em dois anos. (Foto: Perfil News)O representante da Petrobras comentou que é possível encontrar sócios e parceiros para o empreendimento em até um ano e terminar as obras em dois anos. (Foto: Perfil News)

Após visita técnica no complexo de construção da UFN 3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados), em Três Lagoas - distante 338 km de Campo Grande, o representante da Petrobras comentou que é possível encontrar sócios e parceiros para o empreendimento em até um ano e terminar as obras em dois anos.

Com 80% das obras finalizadas, o gerente executivo de Gás Químico da Petrobras, Marcelo Murta, afirmou que a UFN 3 é prioridade e será concluída. "Estamos prospectando parceiros e sócios para este empreendimento, entendemos que é possível em um ano finalizarmos esta etapa e em torno de dois anos projetamos finalizá-la, isto com previsão de retomar a obra a partir do próximo ano".

O secretário Jaime Verruck de Estado de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente), Verruck afirmou que o complexo está devidamente sendo cuidado, já que 150 pessoas estão trabalhando no canteiro de obras. "Neste momento, o posicionamento do governo do estado é ajudar na busca de parceiros para que efetivamente a construção seja finalizada, dependemos de terceiros e seremos apoiador da Petrobras".

A senadora Simone Tebet (PMDB), também esteve visitando as obras, durante a reunião com os representantes da Petrobras, governo do Estado e prefeitura de Três Lagoas, ela apontou que se busque parceiros brasileiros para finalizar as obras. "Este processo da busca de grupos é muito seletivo. A Petrobras não pode ir atrás de parceiros nacionais, e nós juntamente com o governo do Estado faremos este papel".

Segundo a prefeita Marcia Moura (PMDB), a maior parte das obras já estão concluídas, por isso, na atual circunstâncias as notícias são boas. "Temos 80% da obra já concluída, não há dúvida de que deixarão isto desta forma, estou confiante".

Dívida - Desde que a Petrobras rescindiu contrato com o consórcio responsável pela construção da UFN 3, as obras que eram para terminar em dezembro do ano passado estão paradas e sem previsão de serem retomadas. Além disso o consórcio deixou mais de R$ 30 milhões em dívidas com fornecedores, que até hoje não foram pagas.

“Quanto às dívidas, os credores vão receber, está correndo os devidos juros, e agora decorrem as tratativas para saber se quem irá pagar é o consórcio (UFN 3), ou outro parceiro, mas isto é uma determinação da Justiça”, declarou Simone Tebet.

 

Reunião sobre dívidas da UFN3 com fornecedores não foi confirmada
Diretores da Petrobras deveríam se reunir na tarde de hoje (13), em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo grande, para resolver a questão da dívida...
Apuração no HR conclui que não houve 'falha ética' em mortes no local
Uma investigação interna realizada pela direção do HR (Hospital Regional) de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande para apurar a mo...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions