A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

10/10/2014 15:52

Reunião detalha projeto do Porto Seco avaliado em R$ 50 milhões

Priscilla Peres
Representantes de vários setores participaram de reunião na manhã de hoje. (Foto: Prefeitura de Três Lagoas)Representantes de vários setores participaram de reunião na manhã de hoje. (Foto: Prefeitura de Três Lagoas)

A Prefeitura de Três Lagoas - distante 338 km de Campo Grande, realizou uma reunião na manhã de hoje para debater sobre a implantação de um Porto Seco no município. O Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental e o orçamento das obras já foram concluídos e a área destinada à construção e operação, localizada no Distrito Industrial, é de 202.059 m².

Veja Mais
Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Condutor perde controle de caminhonete, derruba poste e foge

Representantes da Receita Federal e da Fiems (Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul) participaram de reuniões e uma visita técnica ao local destinado ao Porto Seco. “Estamos empenhados em fazer a nossa parte, como elo dos interesses da cidade e dos seus empreendedores, no processo de implantação do Porto Seco em Três Lagoas, favorecendo também toda a nossa região”, ressaltou a prefeita Márcia Moura (PMDB).

Durante a apresentação, o diretor-corporativo da Fiems, Jaime Verruck mostrou que a participação de Três Lagoas na receita de exportação do Estado representa 48,9%, sendo que a corrente de comércio exterior do município tem saldo de US$ 2,13 bilhões. “Um dos principais produtos exportados por Três Lagoas é a celulose, o que representa 89,79% de participação na receita, movimentando um volume de 2.092.301.581 toneladas e receita de US$ 1,04 bilhão”, disse.

O processo de implantação do Porto Seco, seguindo procedimentos que exigem o cumprimento de vários passos e etapas, é de responsabilidade direta da Superintendência da Receita Federal e devido a isso, representantes estiveram presentes na reunião.

O primeiro passo dessa caminhada é dialogar a possibilidade de implantar um Porto Seco em Três Lagoas. “Estamos aqui para expor e explicar o que é necessário e o que precisa. Por isso é importante a participação de todos vocês neste estudo e no acompanhamento de todo o processo”, observou Flávio Cunha, delegado da Receita Federal em Campo Grande.

Todos os empresários interessados receberão nos próximos dias um questionário, que servirá de pesquisa de dados para a fundamentação dos motivos e razões de implantação de um Porto Seco.

Se autorizada sua implantação, o Porto será construído em uma área de 202.059 m² cedida pela Prefeitura Municipal com previsão de circulação de 100 caminhões/dia. A obra está avaliada em torno de R$ 50 milhões e, além de atrair mais investimentos ao município, facilitará o escoamento de mercadorias aos portos exportadores, como Santos e Paranaguá, com custos mais baixos e preços mais competitivos.

Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Sofia de Almeida Flores, de 11 meses de vida, morreu na madrugada de hoje (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, após ficar ferida em acidente oc...
Homem de 33 anos é morto com golpes de facão e foice em fazenda invadida
Um homem de 33 anos foi morto a golpes de facão e de foice durante uma briga envolvendo índios na fazenda Novilho, município de Caarapó, a 283 km de ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions