A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

14/01/2015 23:47

Rio Paraguai poderá ter cheia de 4,5 metros em 2015; diz Embrapa Pantanal

Daniel Machado

Foi disponibilizado no inicio desta semana pela Embrapa Pantanal, o primeiro alerta referente ao nível do rio Paraguai para verificação em 2015. Foram destacadas as estimativas para os próximos meses do nível máximo esperado que o rio alcance.

Veja Mais
Motorista embriado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Rapaz foge de policial a paisana e abandona mochila com 18 kg de droga

Nesta primeira avaliação o pesquisador da Embrapa Pantanal responsável pelo estudo, Carlos Padovani, ressalta que os dados são baseados na análise das estações dispostas ao longo do rio Paraguai, bem como nas previsões meteorológicas realizadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e pela empresa Climatempo, para o primeiro trimestre de 2015.

Atualmente a régua de medição do Rio Paraguai está estacionada em 2,18 metros, porém, Padovani acredita que de acordo com as precipitações previstas pela Meteorologia, o nível máximo que o rio deverá atingir na região de Corumbá será de 4,5 metros.

Segundo a avaliação, a tendência é que a primeira metade de janeiro tenha menos chuvas do que o previsto. Se fevereiro apresentar precipitação de água na média ou de baixa intensidade, Padovani diz que "as chances de uma inundação intensa no Pantanal diminuem muito". Tomando como base as previsões do INMET/INPE para o primeiro trimestre do ano, não há como afirmar que irão ocorrer chuvas extremas nesse período que possam ocasionar uma grande cheia na região, segundo o pesquisador.

Água acumulada - Um dos fatores que podem ocasionar algum tipo de alteração na estimativa, é o fato do nível do rio Paraguai estar acima da cota de permanência de 50% , para esta época em todas as estações de medição no Pantanal. Isso pode se tornar um agravante caso o volume de chuva for acima do normal previsto pelas estações meteorológicas para os meses de Janeiro, Fevereiro e Março.

Porém o registro observado nos últimos dias, mostra que estes níveis vem diminuindo e em algumas estações já se encontrarem estacionados.

As áreas ainda inundadas nas porções mais baixas do Pantanal, próximas do rio Paraguai, já estão relativamente bem drenadas. Se a estimativa de uma cheia normal se concretizar, o seu pico ocorre geralmente entre os meses de junho e julho, ou seja, daqui a aproximadamente 5 meses, tempo suficiente para a drenagem e evaporação da água ocorrer. A possibilidade das águas da cheia de 2015 somarem-se às águas da planície, da cheia de 2014, parece remota nesse cenário.

Quanto à repetição em 2015 dos níveis da cheia de 2014, devemos considerar que, baseado na série histórica dos níveis do rio Paraguai em Ladário, a chance de ocorrer uma cheia da classe de 5,01 a 5,50 metros - como acorreu em 2014 - é de 26,08%. Uma vez ocorrida, a chance da repetição no ano seguinte é de 33,33%, ou seja, de 1/3. Em outras palavras, segundo essas análises, há uma chance de 66% (ou 2/3) de isso não ocorrer.

Primeira estimativa dos níveis máximos para 2015:

Rio Paraguai - Estação de Bela Vista do Norte ---- 5,4 metros
Rio Paraguai - Estação de Ladário ------------------ 4,6 metros
Rio Paraguai - Estação de Forte Coimbra ---------- 4,0 metros
Rio Paraguai - Estação de Porto Murtinho ---------5,4 metros
Obs.: Esses valores poderão ser alterados à medida que novas estimativas forem sendo emitidas.

Com informações da FolhaMS

Motorista embriado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Guinovaldo Aguiar Gama, de 53 anos, foi preso em flagrante depois de ter atropelado um ciclista na região central de Itaporã, 227 quilômetros de Camp...
Rapaz foge de policial a paisana e abandona mochila com 18 kg de droga
Homem fugiu deixando uma mochila com 18 quilos de maconha, depois de ser abordado esta manhã (10) por um policial a paisana na rodoviária de Ponta Po...
Marido agride mulher e tenta se enforcar em seguida, mas vai preso
Depois de agredir a esposa, de 45 anos, homem de 26, tentou se enforcar, mas acabou preso, esta noite (10) em Vicentina, a 255 quilômetros de Campo G...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions