A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

09/03/2012 21:45

Sargento da PM é agredido a pauladas durante perseguição

Elverson Cardozo
Militar já recebeu alta. (Foto: Caroline Pires)Militar já recebeu alta. (Foto: Caroline Pires)

Um sargento da PM (Polícia Militar) foi agredido a pauladas na tarde desta quinta-feira (8), por volta das 17h30, enquanto perseguia dois assaltantes, em Nova Andradina, município distante 300 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Empresa é multada em R$ 21 mil por transporte ilegal de etanol
Homem é preso depois de esfaquear vítima com faca de serra

Uma equipe da PM fazia ronda pela região e avistou a dupla em atitude suspeita. Ao notar a viatura, os dois homens, que estavam em uma Honda CG 125, abandonaram o veículo às margens da rodovia.

Durante fuga, um deles, de posse de um pedaço de madeira acertou o sargento na cabeça e na região do pescoço. Momentos depois, os criminosos, identificados como Adiel dos Santos Silva, de 30 anos, e Rafael Pelegrino, 21 anos, foram presos e confessaram que haviam roubado a motocicleta ha poucas horas.

O veículo seria entregue a um morador do Distrito de Casa Verde, Gilberto Mendes Viana, de 30 anos, mais conhecido como Caarapó, que também foi preso. Segundo a polícia, ele pagaria R$ 200,00 pelo veículo roubado.

Adiel dos Santos e Rafael Pelegrino vão responder por roubo. Já Gilberto Mendes responderá por roubo e receptação. O sargento ferido na ação foi encaminhado ao hospital da Cassems.

(Com informações Rádio Caçula)




Parabéns ao PM, ótima prisão e demonstração de controle e profissionalismo e mesmo tendo acertado vem vários coment como PAULADAS contra o nosso trabalho. Enfim quem gosta de policia é..... A mãe, aliás, a minha ainda fala "eu falei pra vc não entrar nesse troço". P... nenhuma 03, vcs pegaram os malas, parabéns.
 
JOÃO VILALBA em 11/03/2012 04:29:38
Só sabe como foi a ocorrência quem estava nela. Por melhor que possamos ser, não somos super heróis, e estamos, infelizmente sujeitos a tais situações. Fica aqui minha manifestação de respeito ao colega de graduação e meu repúdio aos leitores q postaram comentários desprovidos de conhecimento do q é ser um profissional de segurança pública. Agora é esperar e confiar na justiça. Fernando - SGT PM
 
Fernando Silva em 10/03/2012 12:37:39
ISSO NÃO PODE ACONTECER , PARA A LEGITIMA DEFESA NÃO PRECISA O INDIVIDUO ESTA DE POSSE DE ARMA DE FOGO, NESSE CASO CHUNBO NELE, MANDA ELE PARA O INFERNO.
 
jose ferreira de melo em 10/03/2012 12:23:59
Um policial leva uma paulada e não reage,tem que voltar pra escolinha e nunca mais sair do quartel.Se ficou com medo de responder,não deveria trabalhar nas ruas...
 
arivaldo paiva em 10/03/2012 10:26:43
Tem algo errado ai! Onde estava o resto da guarnição? O sgto tava só? Se não tava onde tava os companheiros... Fica ruim para a gloriosa P.M uma situação assim. Agora aqueles que gostem de criticar os serviços de nossa polícia defendam o Sgto que este estropiado por estes marginais. Ou vão falar mal da P.m de novo... Se atirar é ruim e vai preso na pme. Situações que deixam alguns policiais sem atitude de defesa. O medo trás insegurança esta é a realidade. Medo de matar um bandido e responder criminalmente por um ato de defesa que a sociedade às vezes não enxerga como defesa... É claro que a os abusos...
 
zildo de oliveira barros em 10/03/2012 09:37:36
Direitos Humanos?????
muito bem seu comentario Zenilza nessas horas esse tal de Direito some mesmo, esse é o nosso brasil,
 
NEIDE CAMPOSANO em 10/03/2012 09:15:59
concordo q houve uma falha na açao, primeiramente, tem q se preservar a segurança da equipe, graças a deus nao houve uma tragedia.
 
marcos amaral em 10/03/2012 09:12:54
"O sargento ferido na ação foi encaminhado ao hospital da Cassems" Cade as entidades que defendem os MARGINAIS, quando são supostamentes lesionados pela Policia. Com certeza nenhum deles vão procurar o Sargento para ver se ele quer representar os Vagabundos que podiam ter lhe tirado a vida ou feito uma lesão maior. Parabêns Policiais Militares pelo seu trabalho.

 
Pedro Augusto Antonelli em 10/03/2012 08:59:38
Nessas horas o pessoal dos "Direitos Humanos", somem e demais pessoas que vivem abrindo o bocão para criticar a categoria se omitem, só sabem sair a favor dos marginais mesmo. Se esse profissional tentou se defender e causou um leve arranhado nesse marginal, perigoso até o Policial ter que pagar cesta básica para o "pobre coitado" .Leis ultrapassadas do nosso grande Brasil!!!!!!!!
 
Zenilza Sampaio em 10/03/2012 08:25:27
Se era uma guarnição, óbvio que o Sgto não estava sozinho. porque os outros militares não estavam com ele? O Sgto foi agredido porque não havia cobertura policial junto á ele....e os outros integrantes da guarnição o que faziam naquele momento? Se o Sgto perseguiu sozinho dois "meliantes!, foi um erro dele, que poderia ter lhe custado a vida! Desejo-lhe pronta recuperação 03!
 
Julio Aranda Delena em 10/03/2012 07:06:21
O Sgt não atirou nesses marginais simplesmente por medo de responder um I.P.M, pois com certeza o oficial que fosse responsavel pelo inquérito iria citar que ele foi displicente por não pedir apoio..demais..só se trabalha em dois nas viaturas por aqui..não tem efetivo..as vezes o policial prefere passar por estas situações á ficar respondendo inquéritos...
 
Jose Fernando em 10/03/2012 06:36:45
Esse é nosso Brasil,o policial pode apanhar,levar pauladas,tiros etc;agora se ele foi reagir com cacetetes ou ate mesmo tiro contra o marginal,certamento ele sera preso no quartel militar,respondera na justiça e pode ate ser expulso da PM.
É DURO DE ENGOLIR ESTE PAÍS.
 
Fernando Barros em 09/03/2012 10:29:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions