A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

23/08/2013 14:12

Satélite da Nasa capta imagens de incêndio que causou mortes em Dourados

Helton Verão
A imagem é do satélite ambiental Aqua, operado pela Nasa, que através dos sensores “Modis” (Moderate-Resolution Imaging Spectroradiometer) captam os focos de fogo. (Foto: Reprodução)A imagem é do satélite ambiental Aqua, operado pela Nasa, que através dos sensores “Modis” (Moderate-Resolution Imaging Spectroradiometer) captam os focos de fogo. (Foto: Reprodução)

O fogo, que começou na madrugada de ontem, entre as rodovias BR-463 e MS-379, na saída de Dourados para Laguna Carapã, pode ser visto não só por quem estava pela região, mas também pelos satélites meteorológicos em todo mundo.

Veja Mais
Incêndio intoxicou nove pessoas e matou 40 bois em Dourados
Depois de quase meio dia, Bombeiros controlam incêndio em Dourados

A imagem é do satélite ambiental Aqua, operado pela Nasa, que através dos sensores “Modis” (Moderate-Resolution Imaging Spectroradiometer) captam os focos de fogo. Nela aparecem como pequenos quadrados vermelhos em áreas do sul de Mato Grosso o Sul e também sobre o Paraguai.

É possível notar grande a concentração de focos na região de Dourados. A fumaça pode ser perfeitamente diferenciada de uma nuvem que estava próxima da queimada

A causa do fogo, que durou mais de dez horas, foi um incêndio programado por uma usina da região, mas as chamas saíram do controle. A aproximação de frente fria faz o vento aumentar, o que facilitou o espalhamento do fogo e da fumaça.

De acordo com nota divulgada pelo Cemtec-MS (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul): “As queimadas agrícolas são comuns nesta época do ano. Agosto costuma ser o auge do fogo nos campos. A prática de atear fogo na vegetação é largamente usada no Brasil pelos agricultores para fazer a limpeza do terreno, para preparar a terra para o novo plantio. As queimadas agora visam o plantio da nova safra o ano que vem”, explicou.

Além das suas mais de 10 horas de destruição, uma pessoa morta, nove pessoas precisaram ser socorridas, inclusive um bebê de cinco meses, por intoxicação com a fumaça.

Em uma das fazendas, cerca de 40 bois morreram queimados e outros terão que ser sacrificados, pois tiveram parte da carcaça queimada. O total de animais mortos ainda está sendo apurados, já que propriedades vizinhas também foram atingidas.

Segundo os Bombeiros, 15 caminhões pipas de usinas e da Prefeitura de Dourados ajudaram no combate que levou mais de cinco horas. Ao todo, 330 mil litros de água foram usados.

A chance de chover em Dourados nas próximas 48 horas é baixa. Porém, os ventos devem aumentar devido a aproximação de uma frente fria, o que vai facilitar a propagação do fogo e o espalhamento da fumaça.

Fogo interditou o trânsito de veículos na BR-463 (Foto: Dourados Agora)Fogo interditou o trânsito de veículos na BR-463 (Foto: Dourados Agora)
Depois de quase meio dia, Bombeiros controlam incêndio em Dourados
Após quase meio dia de trabalho, o Corpo de Bombeiros conseguiu controlar o incêndio entre as rodovias BR-463 e MS-379, na saída de Dourados para Lag...
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Em oito dias de atendimentos da Carreta da Justiça em Taquarussu - município localizado a 332 km de Campo Grande -, o projeto do TJ-MS (Tribunal de J...



eh isso e Brasil, tem que prender os responsaveis, chega de descaso.
 
REINALDO GUIMARAES DE CAMPOS JR em 24/08/2013 20:11:29
Nota do CEMTEC-MS: ".......AS QUEIMADAS AGORA VISAM O PLANTIO DA NOVA SAFRA ANO QUE VEM".

ISSO EM DOURADOS, A CAPITAL AGRÍCOLA DO MS? COM AS TECNOLOGIAS DE PLANTIO QUE TEMOS HOJE, COMO O PLANTIO DIRETO POR EXEMPLO? ESSE "CEMTEC" NÃO DEVE ESTAR SINTONIZADO COM A REALIDADE DA NOSSA AGRICULTURA.
 
joel martins em 23/08/2013 22:23:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions