A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

25/04/2015 10:25

Saúde capacita bolivianos para reforçar combate à raiva na fronteira

Mariana Rodrigues
Até o momento já foram confirmados 19 casos em cães e um caso em humano. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Até o momento já foram confirmados 19 casos em cães e um caso em humano. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Após 14 casos de raiva animal, sendo 13 registrados em cães e um em bovino, e um caso de raiva humana confirmado em Corumbá – distante a 419 quilômetros de Campo Grande, a SES (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) inicia na terça-feira (28), a capacitação de técnicos bolivianos que auxiliarão nas ações sanitárias de prevenção à raiva na área de fronteira com o município.

Veja Mais
Sesau disponibiliza 13 profissionais do CCZ para dar suporte no combate à raiva
Mesmo com casos de raiva confirmados, CCZ mantém vacinação para junho

O primeiro caso de raiva canina foi detectado em 2015, diante disso, a Secretaria Municipal de Saúde dos municípios de Ladário e Corumbá iniciaram a vacinação de bloqueio de foco antes mesmo da confirmação laboratorial, totalizando cerca de 6 mil cães e mais de 800 gatos imunizados. Em Ladário - cidade distante a 419 quilômetros da Capital, foram registrados até o momento, cinco casos de raiva animal.

Também estão sendo realizadas buscas ativas de pessoas que tiveram contato com os animais suspeitos, divulgação dos casos nos meios de comunicação, enfatizando que, em caso de agressão de animais as pessoas devem procurar a unidade de saúde, para a vacinação antirrábica canina e felina em casa com revacinação após 6 meses, ações educativas de forma continuada e estimulação da posse responsável de animais. O recolhimento dos animais não domiciliados será realizado após uma campanha de conscientização da posse responsável de animais no município.

Dez técnicos bolivianos passarão pela capacitação para o fortalecimento dos trabalhos de barreiras sanitárias na Bolívia. Além da capacitação o Ministério da Saúde encaminhará aproximadamente 10 mil doses de vacinas antirrábicas para as ações nas cidades bolivianas. Com a capacitação, de acordo com a SES, serão reforçados trabalhos de vigilância nas cidades de Puerto Suarez, Puerto Quijarro e El Carmen, principais cidades bolivianas que fazem fronteira com Corumbá.

Para as ações estaduais, a Secretaria continua o acompanhamento junto às equipes de vigilância de Corumbá nos trabalhos de imunização em cães intensificando a cobertura vacinal. Esses trabalhos seguem o perímetro das localizações dos casos positivos de raiva canina em Corumbá e Ladário para o bloqueio do foco da doença.

Segundo dados da Secretaria, já foi repassado 25.000 doses de vacina antirrábica canina e felina para os municípios de Corumbá e Ladário, além de vacinas e soros humanos e material educativo. O ministério da Saúde também reforçou as ações de imunização e já encaminhou mais 15 mil doses de vacina antirrábica aos dois municípios.

Sesau disponibiliza 13 profissionais do CCZ para dar suporte no combate à raiva
A partir desta quinta-feira (23) a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública de Campo Grande) estará disponibilizando três veterinários e 10 profi...
Paciente internado com raiva passa por exames e já começa a ser medicado
O paciente de 38 anos, internado no HU (Hospital Universitário) com raiva humana, passou por exames neurológicos nesta terça-feira (21) e já está rec...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions