A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

25/04/2013 14:21

Secretaria não presta informações sobre dinheiro e vira alvo do MPE

Nadyenka Castro

A Secretaria Municipal de Saúde de Amambai, município que fica a 360 quilômetros de Campo Grande, é alvo de investigação do MPE (Ministério Público Estadual) por não ter prestado contas do uso de dinheiro público.

Veja Mais
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
Carreta transportando combustível bate em carro e uma pessoa morre

O inquérito é presidido pelo promotor de Justiça Etéocles Brito Mendonça Dias Júnior e o edital foi publicado na edição desta quinta-feira do Diário Oficial do Ministério Público. De acordo com o promotor, relatório da Secretaria Estadual de Saúde aponta que o gestor municipal da área não prestou informações sobre a gestão, em 2010.

Diante da situação, foi aberto procedimento para apurar se realmente o secretário na época, Ednor Bampi, não encaminhou informações sobre contas e gastos, e o motivo. “Ele teve oportunidade para se defender [à secretaria], mas não apresentou resposta”, fala Etéocles Júnior.

Segundo o promotor, a prefeitura de Amambai foi intimada para responder se houve prestação de contas sobre a saúde em 2010. Também foram notificados o secretário da pasta na época e o ex-presidente do Conselho Municipal de Saúde.

O representante do MPE, esclarece que Ednor se afastou da secretaria dois meses antes de acabar a administração anterior. Se for comprovado que o ex-chefe da pasta agiu de forma culposa ou dolosa, ele será responsabilizado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions