A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

27/09/2012 09:16

Operação em Aquidauana prendeu secretário e chefe de gabinete

Francisco Júnior
Agente do Gaeco na prefeitura de Aquidauana. (Foto: Rhobson Lima, O Pantaneiro). Agente do Gaeco na prefeitura de Aquidauana. (Foto: Rhobson Lima, O Pantaneiro).

O secretário de finanças de Aquidauana, Paulo Sergio Goulart, é um dos cinco presos nesta manhã (27) durante operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) no município.

Veja Mais
Prefeito de Aquidauana diz que já esperava ação e atribui ao período eleitoral
Servidores presos em Aquidauana são acusados de pelo menos 5 crimes

Além dele, foram presos também Jorge Cáceres, assessor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul; Carlos Augusto Paim, servidor da Gerência Municipal de Finanças; Ado Luiz Aramburu, chefe de gabinete da Ouvidoria-Geral lotado no gabinete do prefeito; e Fernanda Aparecida Alves Marti, servidora do setor de licitações.

De acordo com o Gaeco, os servidores detidos serão ouvidos e encaminhados para a Cadeia Pública de Aquidauana.

Através de investigação, o Grupo chegou a um esquema que envolve desvio de dinheiro público, fornecimento irregular de combustível, emissão de notas "frias", contratação irregular de funcionários comissionados, favorecimento em concurso público, dentre outras irregularidades na prefeitura.

Ainda segundo o Gaeco, assessores e servidores lotados estariam se valendo de suas funções para a prática de delitos, como peculato (desvio de dinheiro público), falsidade ideológica, fraude em concurso público e formação de quadrilha.

A prefeitura foi lacrada. A operação Parajás conta com a coordenação do Promotor de Justiça Marcos Alex Vera de Oliveira com o auxilio dos Promotores de Justiça Claudia Loureiro Ocariz Almirão, do Gaeco de Dourados, José Maurício de Albuquerque e Antenor Ferreira de Rezende Neto, além de 30 policiais.




Mais uma ação "espetaculosa" em nosso estado....espero que não seja como as demais que chamaram a atenção mas que ate agora não provaram nada, cito: Cassilândia, Ladário, Corumba, Nova Andradina...!!! Cadeia pra corruptos, porem, menos espetáculo e mais ação concreta e de preferencia com provas cabais. alo MP/MS!!!
 
Jose de Abreu em 27/09/2012 12:06:48
E por isso que temos adversários, para mostrar o que existe de errado, se ocorreu isso na Prefeitura de Aquidauana, ou não, cabe os "inocentes" mostrar que esta correto. Não existem fracos ou fortes, mas sim pessoas corretas, honestas, íntegro enfim espero que a população de Aquidauna vote certo.
 
Aparecida Romeiro em 27/09/2012 03:44:14
E esse povo vai ser reeleito ! Coitada de Aquidauana !
 
Guilherme Fonseca em 27/09/2012 01:57:20
É, sempre os corruptos usando a tal da perseguição política, igual tentaram com o mensalão. Se não tivesse rolo, juiz não dava mandado de prisão. Por que ninguém vem me prender na minha casa?????? porque não faço rolo. Parabéns ao GAECO e aos policiais que compõem o grupo e não só aos promotores como a reportagem fala.
 
Bruno Baque em 27/09/2012 01:51:05
ÉPOCA DE ELEIÇÃO A POLICIA, OS PROMOTORES E JUÍZES TRABALHAM DEMAIS. É ENGRAÇADO QUE SEMPRE VÃO EM CIMA DO MAIS FRACO, PORQUE SERÁ? EU NÃO QUERIA ESTAR NA PELE DO PREFEITO DE AQUIDUANA, POIS ENQUANTO ESSES VERMES, CORONEIS DE AQUIDUANA NÃO DERRUBAREM ELE NÃO VAÃO SOSSEGAR. ESPERO QUE A POPULAÇÃO DE AQUIDAUANA NÃO VOTEM NESSES VERMES. TRINDADES, RIBEIRO E ORROS, NUNCA MAIS.
 
Milton Martins em 27/09/2012 01:10:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions