A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

03/04/2015 12:29

Seis pessoas são detidas pelo SIG acusadas de realizar assaltos e furtos

Liana Feitosa
Dos seis autores, cinco são adolescentes com idade entre 13 e 17 anos. (Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Dos seis autores, cinco são adolescentes com idade entre 13 e 17 anos. (Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Seis pessoas foram detidas em Corumbá, cidade a 419 quilômetros de Campo Grande, acusadas de realizar diversos assaltos na área central do município. Dos seis autores, cinco são adolescentes com idade entre 13 e 17 anos. O único maior de idade tem 18 anos, recém completados, segundo o jornal Diário Corumbaense.

Veja Mais
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia

As detenções são resultado de levantamentos realizados pelo SIG (Setor Investigações Gerais da Polícia Civil), que apresentou os acusados na tarde desta quinta-feira (2). O polícia teve acesso a vídeos que ajudaram na identificação dos suspeitos.

Ajuda - “Não conseguimos encontrar apenas um suspeito. A filmagem obtida da ação dos autores em um restaurante da rua 13 de Junho nos permitiu reconhecer boa parte deles. Primeiro, identificamos um dos menores, depois, identificamos outros. Além deles, chegamos a dois receptadores. Todos responderão pelas suas respectivas ações”, explicou a delegada Regional de Polícia Civil, Joilce Silveira Ramos, ao Diário Corumbaense.

Ainda de acordo com a delegada, os cinco menores responderão por furto, mas como não foram flagrados comentendo os crimes, foram ouvidos e liberados. Já o único maior de idade está preso e responderá pelo crime de posse de arma, já que foi encontrado um revólver calibre 38, com munição, na casa dele, que fica no bairro Popular Nova. Ele também responderá pelo crime de roubo seguido de agressão a um guarda noturno, no dia 30 de março, em uma autoescola.

Histórico - “Ele já tinha diversas passagens pela polícia quando adolescente, incluindo furtos e roubos. Dos adolescentes, apenas três não tinham passagens. Eles formavam um grupo, mas não agiam todos de uma só vez. Eles se dividiam. Um dia, três realizavam um furto, no outro dia, quatro e no outro, cinco. Nem todos participaram de todas as ações”, detalhou a delegada.

A Polícia Civil contou com a ajuda de uma testemunha. Essa pessoa denunciou a venda de uma TV por preço inferior ao praticado no mercado.

 

Os itens recuperados serão entregues na semana que vem. (Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Os itens recuperados serão entregues na semana que vem. (Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

“A pessoa nos avisou que estavam vendendo uma TV de Led por um valor muito baixo. Chegamos até um dos menores e, depois, ele mesmo foi informando quem eram os outros envolvidos. Fomos confirmando a participação com as filmagens e os próprios depoimentos deles", disse a delegada. Dois homens foram detidos por receptação.

Modo de agir - De acordo com o SIG, todos os menores residem no bairro Popular Velha e agiam a pé. O adolescente de 13 anos ficava responsável por vigiar o caminho, enquanto os outros carregavam nos braços os objetos furtados.

"Eles confirmaram que realmente praticavam o furto. A maioria dos pertences furtados e que foram recuperados, estava na casa de um dos adolescentes. A mãe dele, conhecida como ‘Loira’, moradora na rua Sete de Setembro, guardava os objetos para o grupo e também será ouvida”, mencionou Joilce ao Diário Corumbaense.

Os ladrões assumiram a autoria de quatro furtos e um roubo, que incluíram restaurante, churrascaria, sorveteria e uma autoescola. Os itens recuperados pelo SIG foram 3 monitores, 3 TV’s de Led, um aparelho de ar-condicionado, um CPU de computador, uma impressora, 4 estabilizadores, 2 aparelhos notebook, 3 teclados, 10 celulares, 1 rádio de pilha, 1 climatizador, semijoias, diversos fios de aparelhos eletrônicos e um whisky de 5 litros.

Devolução - “Os itens recuperados deverão ser entregues apenas na semana que vem, pois pretendemos na segunda-feira (6) chamar os comerciantes que foram lesados e realizar a identificação dos pertences”, finalizou a delegada.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions