A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

04/05/2014 08:46

Sem entender tragédia, população sepulta família em Coronel Sapucaia

Bruno Chaves
Incêndio comoveu população de dois países, afirmam testemunhas (Foto: Capitanbado.com)Incêndio comoveu população de dois países, afirmam testemunhas (Foto: Capitanbado.com)

Pelo menos 200 pessoas – entre familiares, amigos, autoridades e desconhecidos – acompanham os últimos momentos de despedida da família de seis pessoas que morreram carbonizadas em um incêndio, na última sexta-feira (2), ocorrido em uma conveniência na cidade de Coronel Sapucaia, distante a 400 quilômetros de Campo Grande. Abalado, o município está em luto que mistura sentimentos de tristeza e revolta.

Veja Mais
Corpos de vítimas de incêndio em Coronel Sapucaia são liberados pelo IML
Polícia apura se fumaça tóxica impediu vítimas de escaparem do fogo

Rosângela dos Santos, 50 anos; os filhos dela, Alejandro dos Santos, 22 anos, e Vanussa dos Santos, 26 anos; e os netos da comerciante, filhos de Vanussa, Thiago dos Santos, 10 anos, Sabrina dos Santos, 4 anos, e Stefani dos Santos, 10 meses, morreram na tragédia.

Conhecidos e populares na cidade, por causa do comércio de bebidas, os integrantes da família serão enterrados com os caixões tampados. Eles serão identificados com fotos dos mortos, permaneceram fechados durante todo o velório, que teve início às 18h de ontem (3) e se estendeu até às 8h30 de hoje.

“Tem muita gente triste e revoltada, sem entender como aconteceu tudo isso que nunca aconteceu antes na nossa cidade. A dor é maior porque se trata de uma família humilde, conhecida por todos e ainda mais por ter crianças”, disse a presidente da Câmara Municipal, vereadora Natacha Kuasne.

Além dela, outros vereadores e autoridades participaram do velório e seguem para o enterro, que está agendado para ocorrer entre 8h30 e 9h.

Conforme a nora da dona da conveniência e tia das crianças falecidas, Irene da Silva, 34 anos, a tragédia envolvendo a família dos Santos também abalou o país vizinho, o Paraguai.

“Todo o pessoal fez de tudo para ajudar. Abalou muito nossa cidade. Abalou o Paraguai e o Brasil porque eles eram bem conhecidos, já vinham de uma família conhecida por ter comércio na região”, disse.

A família será enterrada, junta, no cemitério de Coronel Sapucaia. O incêndio é investigado pela delegacia local.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions