A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

02/02/2015 15:37

Sem vaga para todos, Ceims passam a atender crianças em meio período

Prefeitura tem 32 Ceims e mantém convênio com outras seis instituições, mas não consegue atender toda a demanda

Helio de Freitas, de Dourados
Centros de Educação Infantil reabrem dia 9, mas apenas crianças em situação de abandono ou assistidas por doentes crônicos terão vaga em tempo integral (Foto: Divulgação/A. Frota)Centros de Educação Infantil reabrem dia 9, mas apenas crianças em situação de abandono ou assistidas por doentes crônicos terão vaga em tempo integral (Foto: Divulgação/A. Frota)

A partir de segunda-feira, dia 9 de fevereiro, os 32 Ceims (Centros de Educação Infantil Municipal) e as seis entidades conveniadas da prefeitura voltam a receber crianças de até quatro anos e 11 meses de idade em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Neste ano a maioria dos alunos ficará nas unidades por apenas meio período e só os casos excepcionais, definidos com base em alguns critérios, poderão permanecer nas escolas o dia todo.

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

Ao Campo Grande News, a secretária municipal de Educação, Marinisa Mizoguchi, disse nesta tarde que a prefeitura reconhece que o acesso à educação é um direito de todos. Entretanto, segundo ela, não há vaga suficiente para garantir atendimento em período integral para todos os pais ou responsáveis que procuram os Ceims. A secretária anunciou que dois Ceims serão inaugurados nos próximos dias e outros nove estão sendo construídos na cidade.

“Em conjunto com a Defensoria Pública fizemos um recadastramento de todas as crianças que frequentam os Ceims e agora vamos definir quais precisam da vaga em período integral e quais podem ser atendidas por meio período. Os centros de educação infantil não são mais as creches de antigamente, que apenas cuidavam de crianças. Hoje são escolas com uma proposta pedagógica para iniciar o aprendizado do aluno”, afirmou ela.

Resolução assinada por Marinisa e publicada sexta-feira definiu os critérios para a triagem e matrícula nos Centros de Educação Infantil. Têm prioridade nas vagas as crianças em situação de abandono e de risco social, aquelas assistidas por pessoas com crônicas, crianças de família de menor renda, filhos de pai e mãe que trabalham e filhos de doadores de sangue.

Nesta semana será divulgada a lista das crianças contempladas com as vagas, escolhidas com base em parecer da Defensoria e do Núcleo de Assistência Social da Secretaria de Educação. Segundo a prefeitura, os pais devem ficar procurar diretamente os Ceims para os quais inscreveram os filhos para verificar se foram designados. Nestes locais ainda serão informados os prazos e procedimentos para matrícula.

Os alunos que não forem contemplados neste primeiro momento permanecem na fila e serão chamados quando forem abertas novas vagas ou em caso de desistência.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions