A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

29/08/2015 19:55

Senador e deputados federais buscam mediar conflito na fronteira

Antonio Marques
O senador Moka esteve hoje participando de reunião no Sindicato Rural de Antonio João para tentar uma mediação entre os fazendeiros e os índios que ocupam as propriedades desde a semana passada (Foto: Marcos Ermínio)O senador Moka esteve hoje participando de reunião no Sindicato Rural de Antonio João para tentar uma mediação entre os fazendeiros e os índios que ocupam as propriedades desde a semana passada (Foto: Marcos Ermínio)

O senador Waldemir Moka (PMDB) e os deputados federais Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Tereza Cristina (PSB), membros da bancada ruralista no Congresso Nacional, estiveram hoje em Antonio João para tentar mediar uma solução pacífica entre os produtores e indígenas, que ocuparam na semana passada três propriedades na região da fronteira com o Paraguai.

Veja Mais
Produtores rurais tentam retomar fazenda, índios resistem e um morre
Com DOF e Força Nacional no local, produtores retomam fazenda no "peito"

Os três participaram de uma reunião no Sindicato Rural do município, porém não puderam se pronunciar aos cerca de 200 produtores presentes em razão de a presidente do sindicato, Roseli Maria Ruiz, ter encerrado o evento antes mesmo das falas dos parlamentares, diferente do que publicou o site Ponta Porã Informa e informado pelo Campo Grande News anteriormente.

Segundo o senador Moka, no momento em que Roseli Ruiz terminou seu “desabafo emocionada” diante da indignação de ter sua propriedade ocupada pelos índios, ela convidou todos os produtores e as autoridades para segui-la até a Fazenda Piquiri, de sua propriedade para retomar a sede.

Conforme o senador, neste momento acabou a reunião, antes mesmo dele dizer que havia a expectativa de votação nas próximas semanas da PEC 71, que possibilita o governo federal de indenizar o valor das benfeitorias e da terra nua e assim evitar os conflitos.

Moka disse entender a indignação de Roseli Ruiz, “que teve sua propriedade invadida”, e não entraria no mérito dos fatos que levaram a ocupação da fazenda. “Queríamos ter a oportunidade de conversar e propor uma saída sem conflito”, declarou.

O senador disse que decidiu permanecer no sindicato e conversar com aqueles produtores que também permaneceram no local, perto de um terço do total que estava no início da reunião. Da mesma, a deputada federal Tereza Cristina também ficou, enquanto o deputado Mandetta seguiu com o grupo de produtores até a Fazenda Piquiri, na tentativa de mediação e evitar conflito.

Waldemir Moka e Tereza Cristina retornaram para Campo Grande no início da tarde e o deputado Mandetta no final do dia. A reportagem tentou falar com a presidente do Sindicato Rural durante a tarde, mas o telefone estava na caixa postal.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions