A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

26/03/2015 20:14

Servidores do Judiciário de Três Lagoas cruzam os braços por 15 minutos

Daniel Machado
Servidores cruzaram os braços por quinze minutos para protestar contra o atual salário pago pelo TJ-MS. (Foto: Divulgação)Servidores cruzaram os braços por quinze minutos para protestar contra o atual salário pago pelo TJ-MS. (Foto: Divulgação)

Servidores do judiciário que atuam no Fórum de Três Lagoas cruzaram os braços por quinze minutos para protestar contra o atual salário pago pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça).

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

O ato ocorreu das 15h às 15h15 desta quinta-feira (26) e lotou o saguão do Fórum com aproximadamente 100 servidores, segundo estimativa do presidente do Sindijus-MS (Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário), Luis Felipe.

De acordo com o sindicalista, o ato ocorreu simultaneamente nos Fóruns localizados no interior do Estado. A intenção, é chamar a atenção do TJ-MS para que a corte faça reajuste considerável no salário dos servidores e outras reivindicações, como plano de cargos e carreiras, benefício de aposentadoria e auxílio alimentação no valor de R$ 900. Conforme o Sindijus, Mato Grosso do Sul conta com 3.100 servidores ativos.

De acordo com o site TL Notícias, a paralisação momentânea ocorreu durante o intervalo dos funcionários e não chegou a atrapalhar o atendimento ao público. A manifestação de hoje foi à primeira do ano.

Segundo os servidores, o Fórum de Três Lagoas é o 5º lugar no cumprimento do dever e está em penúltimo em questão de remuneração salarial aos seus servidores.

“Com este movimento, estamos mostrando que a classe está unida e se dentro dos 10 dias de prazo que foi pedido pelo tribunal para resolver nossa causa, nada for resolvido, vamos entrar em greve”, explicou o presidente do sindicato.

 

 

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions