A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

12/12/2010 19:47

Simulação de guerra assusta moradores

Paulo Fernandes

“Retomada de território” teve navios, helicópteros, lanchas e explosão

Simulação teve cinco navios, dois helicópteros e lanchas - (foto: Anderson Gallo/Diarionline)Simulação teve cinco navios, dois helicópteros e lanchas - (foto: Anderson Gallo/Diarionline)
Moradores acompanharam simulação; realismo assustou crianças - (foto: Anderson Gallo/Diarionline)Moradores acompanharam simulação; realismo assustou crianças - (foto: Anderson Gallo/Diarionline)

Com quase 200 homens, cinco navios, dois helicópteros e lanchas, o 6º Distrito Naval realizou neste domingo uma simulação de guerra na prainha do Porto Geral de Corumbá (419 km de Campo Grande) que assustou moradores. O som das explosões e tiros de festim dispararam os alarmes de alguns automóveis.

"Quando teve o estouro e os soldados começaram a correr em nossa direção (no sentido da rua Manoel Cavassa), o meu filho começou a chorar", contou o preparador físico Sérgio Cavalcanti ao jornal Diário Corumbaense.

A simulação fez parte das comemorações do Dia do Marinheiro, que será celebrado amanhã. A apresentação durou cerca de 15 minutos e foi acompanhada por centenas de pessoas, mesmo debaixo do sol forte de Corumbá.

"Nós simulamos a retomada de um território ocupado pelo inimigo", explicou o capitão-de-corveta Costa Santos, oficial de operações do Grupamento de Fuzileiros Navais. "Além dos navios da Flotilha e dos helicópteros, utilizamos vários armamentos do nosso cotidiano, todos com balas de festim".

Uma cabana montada próxima ao rio foi explodida durante a ação.

Marinha simulou retomada de território - (foto: Anderson Gallo/Diarionline)Marinha simulou retomada de território - (foto: Anderson Gallo/Diarionline)
Homem é preso ao ser flagrado transportando 191 quilos de maconha
Hellington Sant Ana Mota, de 33 anos foi preso acusado de tráfico de drogas por transportar 191 quilos de maconha no porta-malas de um carro. O flagr...
Quadrilha é presa acusada de roubo a joalheria; funcionária é suspeita
Uma quadrilha formada por 10 pessoas foi desarticulada pela Polícia Civil de Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, após investigações de roubo a ...
Detentos são flagrados com celular cheio de vídeos de sexo com criança
Agentes penitenciários encontraram um celular contendo cenas de sexo com uma criança, na cela onde estão presos Luis Felipe Barbosa dos Santos, 19 an...



Prezado Wendestein
Não "blindemos" o esforço deste portal de notícias.
O correto é "brindar". Brindemos sim a iniciativa do Campo Grande News de inovar e nos apresentar um portal mais bonito e dinâmico.
 
Felicio Amaral em 13/12/2010 12:45:02
Este treinamento serve para preparar as tropas para que em uma situação real ( como no RJ ) tudo dê certo e ao contrário do que o amigo disse acima, ninguem está de brincadeira, isto de chama adestramento de tropa. O outro colega disse que a Bolivia é uma ameça iminente (sarcarsmo) , na verdade é o tráfico de drogas e armas que vem de lá que é uma ameaça e como no RJ pode ocorrer na fronteira Oeste.
O problema de falta de verbas para escolas, não é Guerra das Forças Armadas e sim da má administração pública e dos desvios de dinheiro dos próprios governantes.

Brasil Acima de Tudo !!
 
Hilton da Cruz em 13/12/2010 10:55:27
Podiam ter aproveitado e invadido a Bolívia logo, afinal o governo de lá nunca vai conseguir diminuir o narcotráfico e prender seus chefões, o governo brasileiro precisa ocupar suas fronteiras permanentemente e tratar os Bolívianos sempre com devido cuidado!!
 
joão paulo em 13/12/2010 10:19:53
Tem gente q n sabe o q dizer, e fala besteira! Um país forte precisa valorizar suas forças armadas! Parabéns aos nobres combatentes, q dariam a vida se preciso for, ao Brasil. Q tenham cada vez mais investimentos, armamentos, equipamentos e incentivo, n pra combater a Bolívia ou qquer país q seja, mas sim para defender a soberania do nosso país. Q os patriotas de mês de copa do mundo engulam suas palavras ante o poder dos verdadeiros brasileiros.

Viva o Brasil!
 
Bergo de Almeida em 13/12/2010 09:59:43
Isso tem de ser feito sempre, As Forças Armadas precisam de maior valorização, o braço forte do Estado tem de estar preparado para manter a soberania do nosso país frente a qualquer ameaça.
 
Vinicius Moreira de Araujo em 13/12/2010 09:32:23
Compreendo a necessidade de se investir em ações visando a segurança nacional, porém, de que valerá tudo isso se o nosso povo não tiver educação e saúde ? Talvez fosse a hora dos Órgãos de Controle efetivamente trabalharem e sinalizarem para os que nos governam, da realidade existente do lado de cá (além dos gabinetes finos e gelados dos Poderes constituidos) !!! Mas certamente ouvir-se-á: "...não é nossa competência...", cabendo uúnica e tão somente aos cidadãos contribuintes assistirem aos "teatros" armados com o dinheiro dos nossos impostos... lamentável e...real !!!
 
Augusto Malheiros em 13/12/2010 01:15:57
"Marcha soldado, cabeça .... "

É isso aí, a Bolivia vem se tornando uma ameaça iminente.

E as Escolas Públicas sem verbas p/ reformas, slarios dignos de professores.
 
Antonio Lucas em 12/12/2010 10:43:17
Pô cara com tanta coisa pra fazer, esses marujos brincando de guerra!
O RJ com problemas de montão e por aqui marujos fazendo festança e 'estourando' barraco de brinquedo! Tem que colocar esse pessoal pra trabalhar, brincadeira é só quando der tempo! Falando nisso, o site de vocês está muuito legal, com uma proposta inovadora, e acima de tudo de ótimo efeito visual. Mas ainda perde para o Brasil verdade que é do meu pai, e por isso voto nele.rsss.rsss. brincadeiras a aparte continuem assim, com um trabalho que agrada a todos e sempre voltados a lisura e imparcialidade. abraços a todos da redação e continuem assim, nos blindando com matérias sugestivas e imparciais.
 
wendestein magalhaes araújo em 12/12/2010 09:43:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions