A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

12/06/2014 11:08

Sobrevivente é preso suspeito de incêndio que matou seis pessoas

Viviane Oliveira
No momento do incêndio, que aconteceu no dia 2 de maio, Edson estava trabalhando. Seis pessoas da família dele morreram na tragédia. (Foto: Marizete Spindola)No momento do incêndio, que aconteceu no dia 2 de maio, Edson estava trabalhando. Seis pessoas da família dele morreram na tragédia. (Foto: Marizete Spindola)

Está preso desde terça-feira (10), o mecânico Edson da Silva, 34 anos, o único sobrevivente do incêndio que destruiu uma conveniência e matou seis pessoas da família dele, em Coronel Sapucaia, a 400 quilômetros de Campo Grande. Suspeito de ter ateado fogo no local, Edson foi preso na casa de uma irmã em Naviraí. No final do mês passado, ele chegou a deixar a cidade, com medo das constantes ameaças.

Veja Mais
Um mês após incêndio com 6 mortes, sobrevivente muda de cidade
Insegura, Coronel Sapucaia veta eventos durante a noite para frear violência

De acordo com o delegado responsável pela investigação, Leandro Costa de Lacerda Azevedo, o mecânico está preso temporariamente. “Nós vamos divulgar o resultado das investigações apenas na próxima semana”, diz, sem dar detalhes sobre a prisão.

O fogo destruiu o estabelecimento e matou a proprietária, Rosângela dos Santos, 50 anos, e os dois filhos dela, Alejandro dos Santos, e Vanusa dos Santos, 26 anos, que era esposa de Edson. Também morreram os filhos de Vanusa: Thiago, 10, Sabrina, 4, e Stefani, 10 meses. Os dois menores eram filhos do mecânico.

Em depoimento à Polícia, logo após o incêndio, Edson levantou suspeita contra o cunhado Alejandro. Ele contou que na hora do incêndio, uma colega de Alejandro estava vendo o fogo e ligou no celular do rapaz.

Segundo o que revelou Edson, Alejandro atendeu ao telefone, mas não falou nada e muito menos pediu socorro. Ele ainda relatou que o jovem não se dava bem com a família e já havia tentado suicídio. No momento do incêndio, que aconteceu no dia 2 de maio, Edson estava trabalhando.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions