A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

23/09/2015 14:28

Técnicos do Ministério da Saúde fazem vistoria no Hospital da Vida e HU

Chefe da equipe apontou avanço no hospital administrado pelo município; vistoria no HU será feita na tarde desta quarta

Helio de Freitas, de Dourados
Equipe do Ministério da Saúde durante visita ao Hospital da Vida, em Dourados (Foto: Divulgação)Equipe do Ministério da Saúde durante visita ao Hospital da Vida, em Dourados (Foto: Divulgação)

Três técnicos do Ministério da Saúde estão nesta quarta-feira (23) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, para vistorias no Hospital da Vida e no HU (Hospital Universitário). No período da manhã a equipe esteve no HVida, que é administrado pela prefeitura há um ano. Danilo Oliveira, do setor de referência técnica em urgência e emergência do ministério, apontou avanço no hospital, que é referência em atendimento para 33 municípios da região.

Veja Mais
Nelson Tavares diz que secretário de Dourados precisa assumir os próprios atos
Secretário diz que Estado deve R$ 7,6 milhões para a saúde municipal

O secretário municipal de Saúde Sebastião Nogueira, que acompanhou a equipe na visita a todas as instalações do hospital, disse que o relatório a ser elaborado vai ajudar o município a obter ajuda financeira do Ministério da Saúde para ativar mais dez leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

No período da tarde os técnicos vão ao HU, instituição ligada à UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e administrada pela Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares).

Técnico vê avanço – Ao percorrer as dependências do hospital, Danilo Oliveira disse ter visto “avanço significativo” no hospital nos últimos meses. Em setembro do ano passado a prefeitura criou a Funsaud (Fundação de Saúde de Dourados) para gerenciar o H Vida e a UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

“Após momentos de dificuldade, conseguimos ver melhorias, principalmente na questão do fluxo de pacientes, que hoje está mais claro. Hoje eu consigo identificar paciente de criticidade vermelha e amarela, por exemplo. Os ambientes também estão climatizados”, declarou o técnico.

Danilo Oliveira continua: “No parque de imagem, embora com algumas dificuldades, conseguimos ver avanço. A equipe médica e outros profissionais estão mais integrados Vejo como melhorias significativas, mas ainda temos muito a trabalhar”.

Mais leitos de UTI – Sebastião Nogueira explicou que após assumir o Hospital da Vida, a prefeitura construiu um novo setor de UTI e transferiu para o local os dez leitos existentes. O espaço da antiga UTI foi reformado e o município agora tenta obter recursos do Ministério da Saúde para ativar novos leitos, dobrando a capacidade de internação na terapia intensiva.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions