A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

27/10/2013 12:19

Trabalhadores são presos após furtarem e abaterem vaca avaliada em R$ 50 mil

Graziela Rezende

Dois trabalhadores rurais do assentamento Alecrim, em Selvíria, a 404 quilômetros da Capital, foram presos pela Polícia Civil três dias após furtarem e abaterem uma vaca PO da raça Nelore, avaliada em R$ 50 mil e que pertenceria ao proprietário da fazenda Tenessi.

Veja Mais
Em 24 horas, bombeiros são chamados para retirar três cobras de casas
Mulher fica em estado grave ao ser esfaqueada na barriga pelo irmão

Segundo a Polícia, Ronaldo Alves, 35 anos e Sérgio Paulo Martins, 48 anos, furtaram o animal no dia 22 de outubro e utilizaram uma espingarda calibre 32 para abater a vaca. Em entrevista, o delegado Messias Pires, titular da unidade, ressaltou que a fazenda faz divisa com o assentamento e descobriu os suspeitos depois deles dividirem a carne e venderem o restante.

Conforme a Polícia, vísceras, a cabeça e o couro do animal foram encontrados enterrados no lote pertencente a Ronaldo, onde ainda foi apreendida a espingarda calibre 32 utilizada no abate do animal. Na ocasião, havia também parte da carne da vaca, que foi recuperada e apreendida.

Os suspeitos vão responder por furto qualificado, cuja pena varia de dois a oito anos de reclusão. Ronaldo possui antecedentes por ameaça e crime ambiental, sendo já autuado em outras ocasiões por posse irregular de arma de fogo de uso permitido.




Salvo algumas exceções, é só gente desse tipo nos assentamentos. Quem não acredita, que visite um por dois ou três dias. Ou deixe a casa fechada por um dia, que quando voltar, invariavelmente vai faltar algum animal, alguma ferramenta, ou a bomba d'água, ou o triturador, ou a bicicleta, etc., etc.
 
Adriano Roberto dos Santos em 27/10/2013 13:31:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions