A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

20/06/2013 14:13

Traficante decepa dedo de mulher acusada de furto em Três Lagoas

Viviane Oliveira
O cabelo da vítima e a faca usada nas agressões foram apreendias pela Polícia. (Foto: Perfil News)O cabelo da vítima e a faca usada nas agressões foram apreendias pela Polícia. (Foto: Perfil News)

A traficante Ana Paula Rodrigues da Silva, conhecida como Ana Popó, de 23 anos, foi presa nesta quarta-feira (19) em uma casa no bairro Paranapungá, em Três Lagoas, acusada de torturar, cortar o dedo indicador e arrancar a facadas o cabelo de Ana Lúcia Alves da Silva, de 37 anos.

Veja Mais
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia
Mãe para velório e retira corpo da filha ao descobrir tentativa de aborto

De acordo com o site Perfil News, no início do mês Ana Lúcia foi acusada de roubar o celular de Ana Popó, que na companhia de dois comparsas identificados por Tailan e Morgana abordaram a vítima a levando para uma estrada vicinal.

Lá, a vítima teve o couro cabeludo arrancado e o dedo decepado com uma faca usada por Ana Popó e os dois comparsas. Depois do crime, o trio deixou Ana Lúcia no local e foi até a região conhecida como cracolândia exibir o cabelo da vítima.

A mulher que foi acusada de furto, teve o dedo decepado por Ana Popó. (Foto: Perfil News)A mulher que foi acusada de furto, teve o dedo decepado por Ana Popó. (Foto: Perfil News)
Ana Popó foi presa nesta quarta-feira depois de agredir outra mulher. (Foto: Perfil News)Ana Popó foi presa nesta quarta-feira depois de agredir outra mulher. (Foto: Perfil News)

Mesmo machucada, Ana Lúcia conseguiu ir para casa, onde acionou o Samu (serviço de Atendimento Médico de Urgência) e foi levada para o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

Prisão - Nesta quarta-feira uma equipe da Polícia foi acionada, por moradores dizendo que na avenida Antônio Trajano, uma mulher estava com ferimentos no pescoço com as roupas sujas de sangue.

A vítima foi socorrida e levada para unidade de saúde e durante o atendimento disse aos policiais que foi agredida por uma pessoa que se identificou por Paula. Elas contou que a mulher se aproximou dela e com uma faca disse que iria descontar nela a raiva por ter sido abandonada pelo marido. Depois de lutar com a mulher, a vítima conseguiu escapar com vida.

De posse dessas informações e do boletim de ocorrência anterior, feita por Ana Lúcia, a Polícia conseguiu chegar até Ana Popó.

Ao ser presa, a agressora confirmou a autoria dos dois crimes informando o local onde guardou os cabelos de Ana Lúcia. Na residência dela, a Polícia encontrou a faca, os cabelos, que segundo Ana Popó seria usado para fazer uma peruca para ela.

A mulher será encaminhada para o presídio feminino do município, onde vai permanecer em regime fechado à disposição da Justiça.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions