A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

10/08/2012 14:08

Três confessam assassinato de caminhoneiro em Anastácio

Nadyenka Castro

No caminhão dirigido pela vítima, que era usuária de drogas, havia 600 quilos de maconha

Dois rapazes e um adolescente confessaram o assassinato do caminhoneiro Ricardo Hidemitsu Dokko, 49 anos, ocorrido em 27 de junho deste ano, em Anastácio, a 135 quilômetros de Campo Grande. A informação é da Polícia Civil.

De acordo com a Polícia Civil, após 30 dias de investigações foi verificado que Welton Jonathan da Silva Mendes, 18 anos, Nilton dos Santos Corvalan, 19 anos, e um garoto de 17 anos, foram os responsáveis pela morte de Ricardo.

Conforme a Polícia Civil, os três contaram que Ricardo procurou eles para comprar drogas. Como eles não tinham, houve uma discussão e o caminhoneiro deu um tapa no rosto de Nilton.

Devido à agressão, Nilton decidiu matar o caminhoneiro. Ele deu dois golpes de faca – costas e pescoço – de Ricardo, sendo auxiliado por Welton, e o adolescente desferiu pauladas.

As investigações constataram que Ricardo era usuário de drogas e que os rapazes não sabiam que ele era o dono do Mercedes Benz, de transporte bovino, carregado com 600 quilos de maconha. O entorpecente foi encontrado um dia depois do crime.

O caminhão estava estacionado a cerca de 300 metros do corpo de Ricardo. A chave estava com ele.

Nilton e Welton foram indiciados por homicídio doloso. Já o adolescente responderá pelo ato infracional praticado.

Os envolvidos também confessaram o roubo de R$ 750, celular e documentos da vítima. Eles queimaram os documentos e jogaram os restos no rio Aquidauana. A Polícia Civil pediu mais prazo para conclusão do inquérito para apurar o latrocínio (roubo seguido de morte).

Polícia encontra corpo ao lado de caminhão com meia tonelada de droga
Próximo ao cadáver havia pedaço de madeira e a chave do caminhão Mercedes Benz, que estava parado a 300 metros.O mecânico Ricardo Hidemitsu Dokko, 4...
Homem é preso transportando de carro roubado em guincho para despistar polícia
Para despistar a polícia, um homem, de 30 anos, contratou um guincho para transportar um veículo Mitsubishi ASX, roubado em Canoas (RS), mas acabou p...
Médico abandona plantão e pacientes ficam sem atendimento em hospital
O médico Carlos José da Costa Duran, 41 anos, foi denunciado à polícia, por desvio de função na manhã deste sábado (03). Ele não compareceu ao plantã...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions