A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

11/09/2012 07:53

Três são mortos a golpes de faca e paulada em fazenda de Dourados

Francisco Júnior
Corpos foram encontrados em varanda da sede. (foto: Dourados Agora)Corpos foram encontrados em varanda da sede. (foto: Dourados Agora)

Três homens foram encontrados mortos na manhã de ontem (10), na fazenda Três Irmãos, localizada aos fundos do Posto da Capela, cerca de 4 km da BR-163, em Dourados.

Veja Mais
PF apreende 60 kg de cocaína e prende traficante de 28 anos na MS-164
Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira

Os corpos dos indígenas Lauro e José Arce e do caseiro Levi do Nascimento estavam na varanda da sede da fazenda. Eles foram assassinados a golpes de faca e paulada.

De acordo com o site Dourados Agora, o suspeito de ter cometido o crime é Junior Pires, vulgo Nunes, morador na aldeia Bororó. Ele tem 18 anos e há três meses saiu da Unei (Unidade Educacional de Internação), cumpriu medida socioeducativa por homicídio.

Uma testemunha relatou a Polícia que quatro indígenas foram contratados para colher o milho da fazenda e no último sábado (8) consumiram dois litros de cachaça com o caseiro da fazenda. Em determinado momento começou uma briga generalizada.

A testemunha fugiu ao perceber que o suspeito do crime iria matar os colegas. Somente na manhã de ontem, a testemunha veio a relatar o caso à lideranças da aldeia Bororó, que comunicaram a Polícia.

Os corpos foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Dourados.

Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira
Será lançado na próxima terça-feira (6) em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - o livro "A Felicidade pela Literatura: Ensaio entr...
Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
MPF entra com ação para garantir pesca e extração à comunidade ribeirinha
Foi ajuizada ação civil pública pelo MPF (Ministério Público Federal) para garantir o direito a pesca de subsistência e extrativismo sustentável da c...



O cara ja tinha matado uma pessoa e a nossa Lei aplicou uma pena de socio-educativa. Onde iremos chegar. Pelo amor de Deus, srs. Politicos tomem uma descisao seria e mudem essa legislacao. Pena de Morte para crimes de mortes em fraglante e Prisao perpetua para outros.
 
Jorge Junior em 11/09/2012 08:24:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions