A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

05/08/2015 08:09

Três pessoas são presas com carro roubado e meia tonelada de maconha

Caroline Maldonado

Três pessoas foram presas flagradas com mais de meia tonelada de maconha, na MS-380, próximo a Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande, na noite de ontem (5). Eles usavam dois carros roubados e dois rádios transmissores, segundo o boletim de ocorrência.

Veja Mais
Hoje é dia de Imaculada Conceição, padroeira de Dourados e do Paraguai
Jovem de 26 anos morre após fazer aborto em clínica clandestina

Policiais perceberam que um veículo GM Celta entrou na rodovia no sentido da MS-280, mas retornou ao perceber a presença da polícia, que iniciou a perseguição. Eles foram alcançados e caíram em contradição quanto ao destino da viagem.

O veículo tinha placas do Rio de Janeiro/RJ e era conduzido por Leonardo Rente da Costa, 50 anos. Os passageiros eram David Antonio Medina Duarte, 22 anos e Silvia de Almeida, 31 anos. Muito nervoso, David acabou confessando que estavam traficando droga, indicando aos policiais o local em que estava escondido outro carro, com maconha.

O Celta, como os policiais desconfiaram, fazia o papel de batedor, carro que segue na frente para saber se há bloqueio na rodovia. Perto dali, foi encontrado um veículo Fiat Bravo Essence, com placas de Antonina/PR. Dentro do carro, estavam 727 tabletes, que somaram 610 quilos de maconha. No porta-luvas de cada uma dos carros havia rádios transmissores.

Segundo a polícia, os caracteres alfanuméricos gravados motor de um dos carros era fraudado. O segundo veículo foi roubado em janeiro de 2014, em Arujá/SP. Além disso, havia mandado em aberto contra Silvia pela comarca de Ponta Porã.

Leonardo disse que pegou o carro perto da estação rodoviária de Ponta Porã e iria até São Paulo/SP como batedor para receber R$ 10 mil, enquanto David pegou o veículo já carregado e com a chave no contato nas proximidades da estação e conduziria até a divisa com o estado de São Paulo, a fim de receber R$ 20 mil. A mulher alegou que estava apenas acompanhando Leonardo. Todos foram presos e o caso foi registrado como tráfico de drogas e associação criminosa.

Jovem de 26 anos morre após fazer aborto em clínica clandestina
Uma jovem de 26 anos morreu depois de fazer um aborto em uma clínica de Porto Murtinho, distante 431 km de Campo Grande na terça-feira (6). A mãe da ...
Segurança reage a assalto, troca tiros com bandidos e é atingido de raspão
Ao reagir durante assalto anunciado por três homens, o segurança Aldair José de Oliveira, 30, ficou ferido ao ser atingido por um tiro. O caso aconte...
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions