A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

27/12/2013 14:19

Trio ateou fogo em carro para se vingar de trabalho feito por soldado da PM

Edivaldo Bitencourt
Barata é acusado de ser o mentor intelectual do atentado contra policial (Foto: Divulgação)Barata é acusado de ser o mentor intelectual do atentado contra policial (Foto: Divulgação)

Três jovens atearam fogo a carro de um policial militar em represália ao trabalho executado pelo soldado, segundo investigações feitas pela Polícia Civil. O terceiro envolvido no crime, Deivithy Moreira Rodrigues, o Barata, apresentou-se à Polícia nesta sexta-feira (27) acompanhado pelo advogado.

Veja Mais
Corpo encontrado em rio é de trabalhador que desapareceu no domingo
Jovens são rendidos em frente de casa por dupla armada durante a madrugada

Ele é acusado de ser o mentor o executor do incêndio, que teve a participação de outros dois jovens, Bruno Jesus Bernardes, 19, e Rafael Augusto da Silva, 23. Eles quase causaram uma tragédia, já que o veículo estava na garagem e o fogo se propagou pela residência.

O incêndio só não destruiu a casa graças a ação dos vizinhos. Os três suspeitos pelo crime foram presos e encaminhados para o presido da cidade.

“A investigação apurou que o crime foi em represália ao bom trabalho desempenhado pelo soldado, pois os acusados possuem diversas passagens e, em muitas delas, houve na coibição a participação do PM”, informou a polícia em nota.

Jovens são rendidos em frente de casa por dupla armada durante a madrugada
Três jovens, todos com 21 anos, foram rendidos enquanto estavam em frente de casa por dois ladrões armados, que chegaram a pé. Eles foram obrigados a...
Embriagada e cansada de apanhar, mulher mata marido com facada
Embriagada e cansada de apanhar, Maria Aparecida Ortiz, 49, matou Luis Carlos Ajala, 41, com uma facada no braço direito. Ele perdeu muito sangue e v...



Bom dia !

Para os que matam no transito hoje, a pena é de ter que sustentar a família da pessoa, sendo que os que matam para roubar nada acontece.Porque não tiram todos os seus direitos ?
Inclusive, porque o Estado não poderia indenizar a família da pessoa que foi assassinada?Que inversão de valores é esta ? Quem mata em acidente de transito seria mais criminoso do que a pessoa que mata para roubar ? Direitos Humanos lamentável !!! Direitos Humanos para Humanos Direitos , seria necessário uma politica para que os casos de latrocínio percam todos os direitos, !!!.
claudio
 
JOSE CLAUDIO em 05/01/2014 08:50:52
É só jogando veneno na barata que resolve o problema.
 
joão braz em 27/12/2013 23:42:01
Quero que um magistrado me explique como criminosos tem "dinheiro" para bancar advogados, mas não tem para pagar os prejuízos causados e sua própria manutenção no estabelecimento penal? Como o advogado dos criminosos sabem dos crimes e os acham antes da polícia? Creio eu que a maioria(90%) destes advogados tem ligações com o crime e que a OAB não faz nada pois só tem a ganhar com isso(maior numero de clientes com isso mais receita)! O setor jurídico do "brasil" não server nem de latrina para porco na Índia!
 
Alexandre de Souza em 27/12/2013 17:09:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions