A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

25/09/2014 00:55

Turistas que sobreviveram a naufrágio estão recebendo apoio psicológico

Eduardo Penedo e Priscilla Peres, enviada especial a Porto Murtinho

Cinco turistas do Paraná que se salvaram do naufrágio de um barco-hotel no Rio Paraguai, nesta quarta-feira, identificados como Marcio Ferreira Garmeira, residente em Alvorada do Sul; Kesley Roger Souza, de Londrina; José Ribeiro da Silva Filho, de Alvorada do Sul;Valdecir Fernandes Freitas, de Alvorada do Sul, e Francisco Carlos Paulineli, também de Alvorada do Sul, foram levados para o hospital de Porto Murtinho e estão recebendo assistência de psicólogos e assistentes sociais no hotel onde estão hospedados.

Ainda há 10 turistas e três tripulantes da embarcação desaparecidos. Um corpo foi identificado, o do agrônomo Sidnei Romano, que morava no Paraná. Ontem, informações cedidas pelas autoridades que participam das buscas diziam que o corpo do dono da embarcação, Luiz Penayo, também havia sido encontrado, mas a Marinha Brasileira negou. O corpo de Romano ainda está no Hospital de Porto Murtinho a espera de familiares para fazer a identificação do corpo para ser liberado.

Eles estavam no barco-hotel Sueño del Pantanal, que virou no Rio Paraguai, em meio ao tornado que atingiu Porto Murtinho, município a 431 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a Polícia Militar, na embarcação estavam 27 pessoas, entre elas 16 turistas. Cinco deles conseguiram se salvar. Dez estão desaparecidos e um foi encontrado morto no Rio Paraguai. A embarcação contava com 11 tripulantes entre piloteiros, cozinheiros, camareiros. Dos tripulantes, oito se salvarão e três ainda estão desaparecidos.

Por volta das 20h30, as buscas foram suspensas por falta de visibilidade. As informações foram repassadas pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Porto Murtinho. As buscas serão retomadas nesta quinta-feira (25), por volta das 6 horas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Dourados está sendo deslocada para Porto Murtinho para ajudar nas buscas dos desaparecidos. Dentre esses bombeiros quatro são do grupamento de mergulhadores. Outros quatro de Campo Grande e três de Jardim também participaram das buscas.

 

*Editado às 13h04 de quinta-feira para correção de informação.

Justiça absolve professor condenado a 61 anos por abuso sexual
O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) absolveu o professor André Félix dos Reis, que havia sido condenado a 61 anos de prisão por estup...
Bêbada, mulher ameaça jogar própria filha na frente de veículos em avenida
Uma mulher de 26 anos, em visível estado de embriaguez, ameaçou matar a própria filha, de 4, jogando a criança na frente de veículos que passavam em ...
Jovem acaba espancado por bandidos ao tentar reagir a assalto em bar
Um jovem de 19 anos foi espancado por bandidos durante um assalto sofrido na madrugada deste sábado (25), em um bar de Três Lagoas (a 338km de Campo ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions