A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

21/05/2012 16:25

UEMS de Jardim separa livros para Campo Grande e acadêmicos protestam

Mariana Lopes

Foram separados 152 títulos da biblioteca do interior para serem encaminhados à Capital

Acadêmicos acampados em frente à UEMS (Foto: Wagner Rodrigues Barboza)Acadêmicos acampados em frente à UEMS (Foto: Wagner Rodrigues Barboza)

Cerca de 40 acadêmicos de turismo estão acampados, desde a manhã de hoje, em frente ao prédio da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), unidade de Jardim, em protesto contra o envio de livros da biblioteca da instituição para a unidade de Campo Grande.

Segundo o gerente da unidade do interior, Sidney Kuerten, foram separados 152 títulos para encaminhamento à Capital, que abriu o curso de Turismo há dois anos. Em Jardim, o curso foi fechado e a última turma se forma em 2016.

Ele explica que a solicitação para enviar os livros veio de Campo Grande. “Foi tomado o cuidado de selecionar apenas obras que contemple alunos dos dois primeiros anos do curso, já que em Jardim não há mais essas turmas”, afirma o gerente.

Na sexta-feira (18), de acordo com o gerente da unidade, foi feita uma reunião com os acadêmicos e, então, repassado a eles uma lista com todos os títulos que seriam enviados a Campo Grande. “Achamos justo eles participaram da decisão, mas por enquanto os livros estão aqui na minha sala”, diz Sidney.

A reunião aconteceu após os alunos saberem da situação e ter procurado a gerência da universidade. De acordo com os acadêmicos, os livros ainda são usados por eles. “Nós temos só a biblioteca da universidade para consultar, e o curso só acaba mesmo em 2016, é injusto isso”, comenta Wagner Rodrigues Barboza.

Sidney esclarece que a decisão de enviar alguns títulos para Campo Grande foi tomada junto com a coordenação do curso de Turismo e com o pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da UEMS, Edmilson de Souza, e agora conta com o auxilio dos acadêmicos.

Trabalhador morre ao sofrer descarga elétrica durante conserto de bomba d'água
José Antônio Farias, 51, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto arrumava uma bomba d'água às margens de uma lagoa, no distrito de Lagoa Bo...
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto
Wellington Ronaldo de Souza, 34, foi morto a tiros ao ser abordado por dois homens que estavam em uma moto. O homicídio aconteceu às 20h30 de domingo...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions