A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

20/07/2015 17:12

Usina Santa Helena alega falta de crédito e entra em recuperação judicial

Priscilla Peres
A usina gera 1.295 empregos diretos em Nova Andradina (Foto: Jornal da Nova)A usina gera 1.295 empregos diretos em Nova Andradina (Foto: Jornal da Nova)

A usina de açúcar e álcool Santa Helena, localizada em Nova Andradina - distante 300 km da Capital, está em recuperação judicial. O pedido foi aceito pela comarca do município e preocupa os moradores da região, já que a unidade emprega mais de 1.200 funcionários diretos e indiretos.

Veja Mais
Cidade tem saldo positivo de 963 vagas de emprego no primeiro semestre
Crise chega ao JBS e unidade de Nova Andradina entra em férias coletivas

Segundo informações do processo divulgado pelo Jornal da Nova, a usina atribui a situação de recuperação judicial à crise econômica mundial, alta taxa de juros e limitação de crédito. Juntos, esses fatores refletiram "gravemente sobre a saúde econômico-financeira da empresa". A Santa Helena ainda afirma que a situação é passageira.

A instabilidade econômica da usina afeta de duas formas o município. Primeiro, com a possibilidade de demissão de parte dos 1.295 funcionários atualmente empregados e segundo, com o arrendamento de 50 mil hectares para o plantio de cana-de-açúcar.

O juiz responsável pela recuperação, nomeou como administrador judicial a empresa CPA (Consultores & Peritos Associados Ltda) de Campo Grande e fixou em 0,1% do valor do passivo da Santa Helena. O prazo para o pagamento dos honorários na recuperação judicial será de 36 meses, segundo o Jornal da Nova.

A empresa tem 60 dias para apresentar o plano de recuperação judicial. Também foram suspensas por 180 dias das ações e execuções contra a Santa Helena. Por último, o magistrado determinou que a autora apresente contas demonstrativas mensais enquanto perdurar a recuperação judicial, sob de destituição de seus administradores e que se comunique a Jucems (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul) sobre o deferimento deste pedido.

Procurada pelo Campo Grande News, a usina Santa Helena informou que não vai se manifestar sobre o caso. 

(Matéria atualizada às 13h09 do dia 14 de julho de 2016)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions